Início Arquivo

Portugal com mais baixo custo de mão-de-obra

Segundo dados recentemente divulgados pelo Eurostat, Portugal era, em 2000, o país da União Europeia com mais baixo custo de mão-de-obra na indústria e serviços, com os trabalhadores a receberem, em média, 8,13 euros por hora. Ainda de acordo com este estudo do Eurostat, departamento de estatística das Comunidades Europeias, relativo ao ano de 2000, o custo médio da mão-de-obra variava entre os 8,13 euros em Portugal e os 28,56 euros na Suécia, situando-se a média europeia nos 22,70 euros. Quanto aos custos mais baixos, eles podiam ser encontrados na Grécia (10,40 euros por hora), Espanha (14,22 euros/hora) e Irlanda (17,34 euros/hora). Os mais altos registavam-se na Suécia e Dinamarca (27,10 euros/hora), e na Alemanha (26,54 euros por hora). Segundo o referido estudo, a mão-de-obra em Portugal chegava a ser mais barata do que em alguns dos países então candidatos à adesão à União Europeia, como Chipre (10,74 euros/hora) e a Eslovénia (8,98 euros/hora), enquanto o custo médio por hora de trabalho dos novos países da UE se situava nos 4,21 euros por hora.