Início Arquivo

Portugal e México mais próximos

Aproveitando a cimeira da União Europeia com a América Latina e o Caribe, em Guadalajara, a ministra dos Negócios Estrangeiros, juntamente com a secretária de Estado do Comércio, Indústria e Serviços inauguraram oficialmente a Câmara de Comércio de Portugal no México, uma iniciativa que surge quatro dias depois de, em Lisboa, ter nascido a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Mexicana.

As duas estruturas têm objectivos semelhantes: incentivar as relações comerciais e os investimentos entre os dois países, apoiar os empresários e dar informações sobre os mercados. Mas a Câmara de Comércio de Portugal no México tem uma particularidade inédita que a distingue das outras: um conselho consultivo. De acordo com as declarações do Delegado do ICEP no México, João Rodrigues, ao Diário Económico, trata-se de «Um órgão de bom conselho que tem uma ligação muito grande às universidades locais, com o objectivo de privilegiar as relações entre as universidades e as empresas».

O México tem um acordo de livre comércio com a União Europeia desde 2000, ao abrigo do qual não serão pagos quaisquer direitos alfandegários a partir de 2007. O México apresenta ainda a vantagem de se encontrar próximo dos Estados Unidos e Canadá, em virtude da ligação privilegiada a estes mercados através do NAFTA (Acordo de Livre Comércio do Atlântico Norte).