Início Notícias Moda

Portugal Fashion: do terminal ao parque

A performance dos Storytailors, no próximo sábado, 12 de março, dá o rumo à 42.º edição do Portugal Fashion que, voltando a cumprir a rota Sul-Norte, faz atracar o outono-inverno 2018/2019 no Novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa. Nos dias 22, 23 e 24, o Parque da Cidade do Porto é a nova geografia a explorar.

É no novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa que se inicia a contagem do 42.º Portugal Fashion, edição que desvenda as coleções dedicadas ao outono-inverno 2018/2019, no dia 17 de março, precisamente às 14h41. Numa performance, os Storytailors são os primeiros a entrar em cena no edifício desenhado pelo arquiteto Carrilho da Graça. O evento prossegue com as apresentações de Alexandra Moura, Susana Bettencourt, Alves/Gonçalves, Pedro Pedro e Carlos Gil. A estação fria da TM Collection by Teresa Martins encerra o primeiro dia de desfiles com a comunidade moda a subir de novo a bordo da embarcação do Portugal Fashion e a rumar à cidade Invicta.

A 42.ª passerelle do Portugal Fashion prossegue, a partir das 15h00 do dia 22 de março, no Parque da Cidade do Porto.

Picnic de moda

Em absoluta estreia na já longa lista de localizações do Portugal Fashion, o Parque da Cidade do Porto será uma autêntica cidade da moda, considerando que no maior parque urbano do país será instalada uma megaestrutura – 10 mil metros quadrados de área total – com três espaços de passerelle, bastidores, showroom, várias áreas sociais e de lazer, sala de imprensa, entre outras valências. Os três espaços de passerelle têm 1.000 metros quadrados cada um, acomodando confortavelmente cerca de 1.000 espectadores por desfile.

«Nesta edição, vamos seguir a lógica organizativa dos grandes eventos de moda internacionais, como as semanas de moda de Londres, Nova Iorque e Paris, que privilegiam a realização dos desfiles em grandes estruturas amovíveis instaladas em locais nevrálgicos das cidades», explica Rafael Alves Rocha, diretor de comunicação do Portugal Fashion, em comunicado. «No nosso caso, queremos aproveitar as potencialidades do Parque da Cidade do Porto, um espaço com excelentes condições para a organização de eventos: amplitude, comodidade, bons acessos, aprazibilidade, etc. Em termos de conforto e funcionalidade, quer para os protagonistas dos desfiles, quer para os nossos convidados, é uma magnífica solução», acrescenta Rafael Alves Rocha.

Bloom em visita de estudo

O primeiro dia de desfiles na Invicta arranca com o desfile dos oito finalistas do Concurso Bloom, no final do qual serão apurados os dois vencedores do certame aberto ao talento emergente. Seguem-se os desfiles de seis jovens designers e uma marca.

Dá-se então o salto para a passerelle principal e, ainda no dia 22, Anabela Baldaque, Estelita Mendonça e Júlio Torcato integram o calendário de desfiles.

Nos dias 23 e 24 de março, conhecem-se as coleções para o outono-inverno 2018/2019 de nomes como Diogo Miranda, Luís Buchinho, Luís Onofre, Micaela Oliveira, Miguel Vieira, Nuno Baltazar e Katty Xiomara.

Destaque ainda para as apresentações de Carla Pontes, Hugo Costa, Inês Torcato e David Catalán – com os dois últimos a assumir, nesta edição do evento, a responsabilidade da passagem do espaço Bloom para a passerelle principal, depois da recente participação no calendário da Altaroma.

Sem descurar a vertente comercial, que está na matriz do evento, o 42.º Portugal Fashion revela também as propostas de pronto-a-vestir e calçado de grandes marcas nacionais. De vestuário, estão previstos os desfiles de Ana Sousa, Concreto, Dielmar, Lion of Porches, Meam e Pé de Chumbo. No desfile coletivo do calçado são mostradas as novas coleções da Ambitious, Fly London, J. Reinaldo, Nobrand, Rufel e The Baron’s Cage.

«Trata-se de um programa de desfiles muito heterogéneo, como é apanágio do Portugal Fashion. Temos moda de autor de grande qualidade, quer assinada por criadores consagrados, quer por jovens designers, mas também propostas comerciais de vestuário e calçado, vertente que o evento sempre privilegiou», sublinha ainda Rafael Alves Rocha.

Entrada livre

No Parque da Cidade do Porto, está também prevista a realização do showroom Brand Up. À semelhança da edição transata, o certame adota um conceito alargado de moda, abarcando não só criações de autor e pronto-a-vestir, mas também calçado, joalharia e produtos de lifestyle. Está prevista a presença de mais de 60 marcas de vários sectores, cujos produtos podem ser vistos e adquiridos no local por qualquer visitante. O acesso é livre.

O calendário completo de desfiles pode ser conhecido aqui.