Início Notícias Moda

Portugal Fashion promove moda nacional na Tranoï

As duas entidades assinaram um acordo exclusivo até ao outono de 2023, que prevê a participação de designers portugueses em seis edições da feira parisiense e a presença no Porto de compradores convidados pela Tranoï em três edições do Portugal Fashion, numa parceria pensada para impulsionar a moda nacional.

Mónica Neto

A Tranoï é, segundo o comunicado do Portugal Fashion, «um parceiro de enorme relevância para a promoção da moda portuguesa», especialmente tendo em conta a sua «enorme rede de contactos», até porque a feira é parceira da Semana de Moda de Paris.

David Catalán

«O acordo com a Tranoï é mais um passo importante para a internacionalização dos designers portugueses na sua vertente mais comercial e de negócio. Um ponto primordial, e fundamental, para o Portugal Fashion na promoção da moda portuguesa além-fronteiras», considera Mónica Neto, diretora do Portugal Fashion. «Com esta parceria, e tirando partido da enorme rede de contactos com buyers e imprensa de todo o mundo que a parceira b2b da Semana da Moda francesa proporciona, há uma possibilidade real para que designers e marcas portuguesas tenham hipóteses de negócios e sejam, dessa forma, sustentáveis financeiramente», acredita.

A cada edição, o Portugal Fashion ficará responsável pela proposta dos nomes para a participação, ficando a escolha e a curadoria das marcas a cargo da Tranoï, «usando o seu know-how de vários anos e avaliando o posicionamento internacional que cada marca pode ter nos vários mercados mundiais», explica o comunicado do Portugal Fashion.

Estelita Mendonça

A primeira participação depois do acordo assinado será na edição da Tranoï que se realiza de 23 a 26 de junho de 2022 no Palais Tokyo, durante a semana de moda masculina, com os designers David Catalán, Estelita Mendonça e Huarte, que, desta forma, farão parte de uma seleção de apenas 50 designers, onde consta ainda a também portuguesa Duarte, que fará igualmente a sua estreia no certame parisiense. Já em setembro será a vez da moda feminina, com a feira agendada para 29 de setembro a 2 de outubro no Palais Brongniart.

Víctor Huarte

Na notícia publicada no website da Tranoï, a feira francesa refere que Portugal começa a ser conhecido pela sua moda vanguardista, apontando mesmo alguns nomes de referência. «Anteriormente identificado como um país focado na produção, Portugal é agora reconhecido pela sua criatividade e pelo talento dos seus designers. A cena internacional dá as boas-vindas ao potencial e know-how de toda uma nova geração, que não hesita em afastar-se de códigos, como Alexandra Moura, Miguel Vieira, Marques’Almeida ou Ernest W. Baker (finalista do prémio LVMH[em 2018])», pode ler-se.

«A Tranoï sente-se orgulhosa por assinar esta parceria exclusiva com o Portugal Fashion. Os designers portugueses que vamos receber nas próximas seis edições da Tranoï fazem parte de uma nova geração de designers que têm uma visão ambiciosa da moda. Agradeço ao Portugal Fashion pelo envolvimento, estou muito feliz por receber estes designers e por divulgar o seu trabalho a todos os profissionais da moda», afirma Boris Provost, CEO da feira parisiense.