Início Notícias Têxtil-Lar

Portugal Home Week está de volta

Os principais players da fileira casa vão reunir-se de 21 a 22 de junho no Centro de Congressos da Alfândega do Porto para a 2.ª edição da Portugal Home Week, que contará com as presenças do arquiteto Álvaro Siza Vieira e de Ingrid Abramovitch, editora-executiva da Elle Decor norte-americana.

[©Portugal Home Week]

Organizada pela APIMA – Associação Portuguesa de Indústrias de Mobiliário e Afins e com o apoio institucional da AICEP Portugal Global, a Portugal Home Week deverá acolher profissionais de mais de 40 nacionalidades para debater o futuro de um dos clusters mais exportadores da economia portuguesa, assim como para apresentar as últimas tendências e inovações do sector. «O Portugal Home Week tem como objetivo posicionar a fileira casa portuguesa a nível nacional e internacional como um cluster de qualidade reconhecida, capaz de agregar tradição e inovação», explica Gualter Morgado. «Ao contar com a presença de compradores e prescritores de todo o mundo, este evento permite ainda apoiar as empresas nacionais na penetração em novos mercados, por forma a diversificar as exportações», afirma o diretor-executivo da APIMA.

O evento contará com dois momentos principais: o Home Show e o Home Summit. O Home Show assume-se como montra por excelência da produção nacional, com a participação de cerca de 60 expositores da fileira casa, nomeadamente dos sectores de mobiliário e colchoaria, têxteis-lar, iluminação, utilidades domésticas, cerâmica decorativa e utilitária.

O Home Summit, por sua vez, é um fórum de discussão, onde serão debatidos o futuro, a inovação, a internacionalização e a sustentabilidade desses setores. A iniciativa conta como oradores Álvaro Siza Vieira, um dos mais reconhecidos e premiados arquitetos mundiais, Ingrid Abramovitch, editora-executiva da Elle Decor de Nova Iorque, Mario Ortega, CEO da BIMObject América Latina e Península Ibérica, e Mário Ferreira, CEO do Grupo Nau, entre muitos outros.

[©Portugal Home Week]
Em paralelo a estes dois momentos, vão decorrer ainda várias outras ações, nomeadamente reuniões entre empresas e importadores (Home B2B), atividades de lazer para os visitantes (Home Fun Trips) e iniciativas desenvolvidas com o intuito de promover o design português e fomentar o reconhecimento da criatividade e da cultura nacional (Partners). Os participantes internacionais terão ainda a oportunidade de visitar diretamente as fábricas e showrooms das empresas portuguesas, no âmbito da iniciativa Home Pro Trips.

Esta segunda edição marca o regresso do Portugal Home Week depois de uma interrupção causada pelo covid-19. Na primeira edição, o evento reuniu 50 empresas e 1.000 profissionais, gerando um milhão de euros em encomendas e, nos meses subsequentes, negócios no valor de quase 10 milhões de euros.

Este ano, são esperados visitantes provenientes dos EUA, Canada, França, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Áustria, Bélgica e também dos Países Nórdicos. Englobando mais de 60 mil trabalhadores e mais de 7 500 empresas, as indústrias da fileira casa representam 4,5% das exportações nacionais, com um volume de negócios de 3,3 mil milhões de euros.