Início Notícias Vestuário

P&R Têxteis é finalista do Prémio de Inovação COTEC-BPI

A empresa especialista em vestuário técnico de desporto P&R Têxteis é uma das seis finalistas do prémio atribuído às pequenas e médias empresas mais inovadoras. A vencedora será conhecida durante a 12.ª edição do Encontro PME Inovação, que terá lugar em Matosinhos no próximo dia 30 de novembro.

Nuno Pinto

A P&R Têxteis é descrita como «parceira das maiores marcas mundiais» e «especializada no desenvolvimento de produtos de vestuário técnico desportivo para alta competição, com elevada exigência de desempenho e adaptados às morfologias individuais dos atletas» pela COTEC no seu website.

A P&R Têxteis, empresa sediada em Barcelos, concorre com a Addvolt, que desenvolveu powerbanks para camiões de frio, a Controlar, que projeta e realiza sistemas inteligentes de teste e automação para linhas de produção industrial, a ITS-ETSA, que transforma sub-produtos de origem animal, a nível industrial, em produtos funcionais de elevado valor económico para alimentação animal e humana, a Niepoort, que se destaca na produção de vinhos, e a Voice Interaction, que faz a transcrição automática da linguagem. O vencedor do Prémio de Inovação COTEC-BPI será anunciado no final do 12.º Encontro PME Inovação, que decorre no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, em Matosinhos, no final deste mês.

[©Presidência da República-Miguel Figueiredo Lopes]
Nuno Pinto, fundador da P&R Têxteis, juntamente com representantes dos outros candidatos, teve já a oportunidade de apresentar a sua empresa ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que é também presidente honorário da COTEC, num encontro no Palácio de Belém no passado dia 21 de novembro. Segundo a COTEC, estes representantes foram recebidos «com um indisfarçável sentimento de orgulho pelo reconhecimento ao mais alto nível, mas também de responsabilidade por serem protagonistas e exemplos da transformação do tecido empresarial português e da sua competitividade global».

Já de acordo com o site da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa «referiu a capacidade de inovação e de aposta no futuro [destas empresas], seja inovando em sectores tradicionais, seja desenvolvendo a sua atividade em novos mercados. O Presidente da República sublinhou também a capacidade destas empresas de captarem financiamento nacional e internacional».

Em contra-ciclo

Subordinado ao tema “Em contra-ciclo”, o 12.º Encontro PME Inovação COTEC «irá congregar experiências e saber na aplicação do compasso da inovação tecnológica, para mostrar como está a acontecer a expansão internacional dos modelos operativos e de negócio, a integração vital da fábrica com os restantes processos de negócio, a criação de vantagens por novas formas de organização do trabalho e da colaboração, e maior visibilidade, transparência e rastreabilidade na cadeia de abastecimento, com progresso sistemático na eficiência da utilização dos ativos e produtividade em toda a cadeia de valor», indica a COTEC.

Com início marcado para as 14 horas, e após a abertura, a cargo de Luísa Salgueiro, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, António Rios de Amorim, presidente da direção da COTEC, e João Neves, Secretário de Estado da Economia, o encontro, que deverá ter mais de 300 pessoas na audiência, entre empresários, representantes de organismos públicos, de instituições de conhecimento e associações da maioria das regiões do país, será dividido em quatro momentos. Num primeiro painel, dedicado ao “compasso da inovação na transformação do negócio”, Teresa Carreiro, cofundadora da Critical Manufacturing, Carlos Sampaio, COO da Elergone Energia, e Ana Esteves, diretora da cadeia de abastecimento e logística da Salsa, vão explorar os benefícios e desafios de uma visão integrada da organização e da sua cadeia de abastecimento, assim como ultrapassar muros organizacionais, aumentar as margens e a produtividade, a eficiência de utilização dos ativos, reduzir o desperdício dos processos no chão de fábrica, bem como tornar mais eficiente a aquisição, produção e consumo de energia.

Marcelo Rebelo de Sousa no 11.º Encontro PME Inovação 2021 [©COTEC]
Já no segundo painel, cujo tema é “as vantagens de inovar em Portugal para o mundo”, irão intervir Joana Mendonça, presidente da Agência Nacional de Inovação, Paulo Ferraz, administrador do Instituto Politécnico do Porto, e António Fontainhas Fernandes, professor catedrático da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Antes da entrega do Prémio PME Inovação COTEC-BPI 2022 – que em 2019 foi ganho pela Inovafil e em 2016 pela ERT –, Pedro Pacheco, da BERD (vencedora em 2020), Paulo Barradas Rebelo, da Bluepharma (vencedora em 2012) e Jorge Ferreira, da Palbit (vencedora em 2015) vão contar o que aconteceu desde que receberam esta distinção, num painel intitulado “Dezoito anos do Prémio PME Inovação: histórias e lições de vencedoras”.

A sessão encerra com a intervenção do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.