Início Destaques

Première Vision solidária com expositores

A organização de feiras profissionais, entre as quais a Première Vision Paris, agendada para 15 a 17 de setembro, dirigida por Gilles Lasbordes está a alterar o calendário de eventos, a facilitar as inscrições, a eliminar as taxas no marketplace e a melhorar as ferramentas online para ajudar os expositores a ultrapassar os desafios impostos pelo Covid-19.

Gilles Lasbordes

A Première Vision afirma que, face à crise sanitária e económica que está a assolar o mundo, tomou «uma posição firme para assumir um compromisso estratégico forte para com uma indústria de moda severamente impactada». Para expressar «solidariedade» com os expositores e marcas, a organização está a lançar uma série de medidas para apoiar o sector.

«Nós, juntamente com os produtores e marcas de moda, partilhamos completamente um desejo de trabalhar em conjunto para emergirmos desta crise que está a ter um enorme impacto na indústria», explica Gilles Lasbordes, diretor-geral da Première Vision.

«Primeiro, acreditamos que as empresas vão ter uma necessidade vital de se reunir novamente para relançar o negócio que, em alguns casos, foi gravemente afetado», afirma. «Ao mesmo tempo, tomamos muito rapidamente a decisão de fornecer uma versão digital online da informação de moda preparada para os nossos expositores, para assegurar a continuação do nosso apoio criativo», revela Gilles Lasbordes.

Para isso, foram criados webcasts especiais para mostrar as inspirações e tendências de cores e materiais para o outono-inverno 2021/2022, traduzidos em oito línguas, num esforço que será intensificado com a próxima edição da Première Vision Paris. «Estamos a evoluir as nossas ferramentas e sistema para permitir uma digitalização mais alargada de serviços e conteúdos, incluindo a seleção de artigos para os fóruns, a informação de moda da estação, os seminários de tendências e conferências, que poderão ser encontrados online», indica o diretor-geral.

Lasbordes destaca ainda que «desde meados de março que tornámos gratuito para os nossos expositores mostrarem um número ilimitado dos seus produtos no marketplace, para os ajudar a manter o contacto com os seus clientes, fornecer amostras e responder a encomendas».

Procedimentos facilitados

Em relação à edição de setembro da Première Vision Paris, o diretor-geral afirma que o prazo para o processo de registo foi adiado «para o mais tarde possível e aligeiramos as condições. Decidimos assumir 100% dos riscos de cancelamento da feira, caso a mesma seja proibida pelas autoridades».

As condições de registo e cancelamento foram revistas para dar mais flexibilidade aos expositores, garante a organização, e os visitantes poderão inscrever-se gratuitamente até 31 de agosto, com acesso sem custos à feira e aos seminários previstos.

A edição de setembro da Première Vision Paris vai ainda ser alargada e acolher, além dos universos de moda habituais, os expositores da Denim Première Vision, inicialmente agendada para Milão para os dias 10 e 11 de junho, e os da Blossom Première Vision, que estava agendada para 1 e 2 de julho, em Paris.