Início Arquivo

Presidente da M&S renuncia a bónus de 1,3 milhões de euros

Luc Vandevelde, presidente da britânica Marks & Spencer (M&S), renunciou um bónus de mais de 1.3 milhões de euros, mais de 260 milhares de contos, a que tinha direito, anuncia a empresa em comunicado. O presidente foi alvo de duras críticas quando anunciou, no início de Abril, o despedimento de 4400 trabalhadores da M&S em França e o encerramento de toda a actividade do grupo naquele país. A situação de Luc Vandevelde agravou-se quando chegou ao conhecimento público o valor do bónus que lhe ia ser atribuído e que constava do contrato que tinha efectuado com a M&S.