Início Arquivo

Prêt à Porter Paris joga na antecipação

A portuguesa Givec, empresa de malhas reconhecida no mercado francês, esteve na última edição do salão Prêt à Porter Paris, que se realizou entre 2 e 5 de Fevereiro, com uma das suas marcas próprias para senhora, numa linha mais urbana, a Kalisson. A Givec trabalha essencialmente virada para o mercado europeu. A empresa tem uma capacidade de produção de mais de um milhão de peças por ano que são comercializadas através de uma vasta rede de representantes em toda a Europa. Além da Kalisson, a Givec também apresenta como marcas próprias a Le Cabestan, numa linha navy, e Bagora, numa linha para tamanhos grandes. Os grandes investimentos da empresa focalizam-se na qualidade das matérias-primas e na área da criação e design. Esta edição do Prêt à Porter Paris «apostou no que o público vai gostar e não naquilo que o público já gosta», segundo a organização, e também fez uma retrospectiva histórica para compreender como a moda reflectiu a evolução da condição da mulher através das épocas. A exposição examinou dez silhuetas de referência que, de 1855 a 2000, mostram como a roupa aprisionou, exagerou ou liberou o corpo feminino, adaptando-o à evolução da sociedade. A novidade desta edição foi um espaço dedicado à Moda Ética. Este sector reuniu 30 marcas seleccionadas, e funcionou como uma plataforma de informação, com mesas-redondas dedicadas à moda ética e ao desenvolvimento sustentável, e foi uma resposta a uma preocupação crescente dos consumidores. Sob o lema “O salão de moda de…amanhã”, o Prêt-a-Porter Paris recebeu 1.075 expositores de 50 países do mundo, que apresentaram 1500 marcas, e 41.085 visitantes, com um notório crescimento da presença francesa.