Início Arquivo

Prioridade para o mercado Ibérico

Numa aposta de imposição da sua marca própria Peter Murray, a Camilo Pinto vai avançar com uma rede comercial no Brasil. A chegada ao mercado brasileiro deverá acontecer no Verão de 2002 com a abertura de cinco lojas. São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais são as localidades escolhidas para as acolher. Até lá, manter-se-á a prioridade no mercado ibérico com a abertura de novos estabelecimentos comerciais que, em 2004, deverão ser já 40. A par do reforço da Peter Murray, a Camilo Pinto prepara igualmente uma «ofensiva» para a marca de vestuário feminino: WorldApart. A primeira loja franchisada deverá abrir em Setembro, na cidade de Braga, seguindo-se depois outras em todo o território nacional. O objectivo e atingir 15 espaços em três anos, para depois equacionar a hipótese de também internacionalizar a WorldApart. Em 1999, a Camilo Pinto conseguiu vendas de 1,970 milhões de contos e obteve 64 mil contos de resultados líquidos. A Peter Murray representa actualmente 20% da facturação, mas os responsáveis da empresa querem atingir os 35%. Para este ano prevêem facturar 2,1 milhões de contos. Entretanto, a empresa comprou recentemente um armazém, junto à sede, para acolher as secções de acabamentos e de embalagem e os produtos para exportação.