Início Notícias Vestuário

Projeto português sobre uigures ganha prémio internacional

Alex Palma, Iara Pinhal e Liliana Rodrigues venceram um Wood Pencil nos D&AD New Blood Awards com um projeto sobre os uigures, uma minoria muçulmana oprimida e escravizada em Xinjiang, China. Os alunos da ETIC contam as atrocidades cometidas contra esta etnia através de peças de vestuário.

[©ETIC]

Alex Palma, Iara Pinhal e Liliana Rodrigues, alunos da ETIC – Escola de Tecnologias, Inovação e Criação reinventaram os símbolos de lavagem de roupa e etiquetas, criaram novos ícones que narram a história dos uigures, desenvolveram t-shirts de afirmação política e, através da nova tecnologia Google Lens, conceberam um sistema que permite ao consumidor descobrir o que está por detrás das suas roupas. O concurso tinha como objetivo a criação de uma campanha tipográfica com base na Declaração dos Direitos Humanos e os participantes podiam selecionar qualquer tema, em qualquer parte do mundo, que violasse os direitos fundamentais.

O projeto foi desenvolvido no âmbito do curso de Graphic Design (B.A.Hons.) com o apoio dos professores Ana Freitas e Zé Pedro Abreu, que integram a equipa pedagógica da ETIC e da Solent University, sob coordenação de Joana Areal. A cerimónia de entrega de prémios realizou-se no passado dia 14 de julho e é a terceira vez que alunos da ETIC vencem um D&AD New Blood Awards. Em Portugal, a ETIC é a única escola que conta com vencedores deste prémio internacional.

[©ETIC]
A D&AD é uma instituição educacional britânica que promove a excelência em design e publicidade e reúne, anualmente, os melhores trabalhos criativos do mundo nas disciplinas de design comercial, publicidade e produção para serem avaliados por mais de 400 líderes criativos mundiais.