Início Notícias Têxtil

Projetos portugueses convencem na Alemanha

Quinze projetos de sete empresas portuguesas, entre os quais as echarpes da Vista Alegre, foram distinguidos no âmbito dos German Design Awards de 2021. Os galardões, uma iniciativa do German Design Council, destacam soluções inovadoras nas áreas da arquitetura, produto e design de comunicação.

Vista Alegre [©Vista Alegre]

A Vista Alegre é a empresa portuguesa mais galardoada, com sete produtos em destaque, incluindo a coleção de echarpes que marcaram a sua entrada no universo dos têxteis. «A coleção de echarpes da Vista Alegre parece vibrante, opulenta e sumptuosa. A sua escolha de materiais [caxemira, lã virgem e seda] promete conforto e aconchego e a utilização de simbolismo tradicional é visualmente estimulante», sustenta o júri.

Além dos lenços, a especialista em porcelana, cristal e vidro viu as coleções de porcelana Blue Ming 2.0 e Vortex by Ross Lovegrove, as peças decorativas Cloudy Butterflies by Claudia Schiffer e Herbariae Parade by Christian Lacroix Maison, o serviço de mesa Duality e o candeeiro de mesa Multiply by Mendel Heit serem igualmente distinguidos.

KWY.studio [©German Design Awards]
Os prémios atribuídos aos portugueses nesta edição dos German Design Awards incluem igualmente projetos na área da arquitetura – dois da Ventura and Partners e um do KWY.studio –, no design de comunicação, na área da internet, onde se destacou a Moxy, e no design de produto, onde foram premiadas a Technicdoor/Urbanoluis, pela porta pivotante em cortiça, a Tech4Home por dois sistemas de controlo remoto, e a Indelague, pelo seu sistema de luzes LED minimalista e modular Concept S 35.

De acordo com a organização dos German Design Awards, «este ano houve mais de 4.200 candidaturas de 60 países diferentes», distribuídas pelas categorias Excellent Product Design, Excellent Communications Design e Excellent Architecture.

Olhos postos no design

Os destaques dos German Design Awards 2021 estão a ser mostrados em formato digital durante um mês, até 12 de março, num programa batizado “All Eyes On” com a apresentação dos projetos e a dinamização de diferentes mesas redondas sobre temas como “foco na inovação” (2 de março, às 13 horas de Portugal Continental) e “foco na sustentabilidade” (9 de março, às 13 horas de Portugal Continental).

No dia 5 de março, às 13 horas, serão anunciados os prémios German Design Award Newcomer, um concurso onde os candidatos são escolhidos por representantes de universidades do German Design Council. Entre os cinco finalistas a concurso – Lukas Schmidt, Max Witzstrock, Verena Zirngibl, David Wojcik e Julian Peschel –, que vão ser apresentados nos primeiros cinco dias de março, um deles receberá 15 mil euros e os restantes 2.500 euros.

Paola Antonelli [©MoMA]
Já no dia 10 de março, às 9 horas, será a vez de conhecer a personalidade do ano, que em 2021 é Paola Antonelli, arquiteta e curadora de origem italiana, desde 1994 ligada ao Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA). «Através do seu trabalho anterior, seja como curadora, editora ou autora, Paola Antonelli deu um contributo extraordinário para o design ser entendido por uma audiência vasta como um bem cultural diverso – e, como tal, como parte da identidade tanto individual como coletiva – em vez de ser reduzido apenas a estética e funcionalidade», justifica o júri do German Design Awards.

Os German Design Awards têm vindo a distinguir várias empresas nacionais nos últimos anos, incluindo, na área têxtil, a RDD na edição de 2020.