Início Arquivo

Purista vê forte potencial no sector masculino

O vestuário masculino prepara-se para ser o número um controlado pelo crescimento da indústria de acabamentos têxteis de acordo com a pesquisa independente da Purista, especialista em tratatamentos. A nova pesquisa destacou que as roupas com tratamentos são as mais populares entre os jovens rapazes dos 16 aos 34 anos, com o dobro do número de homens que já compraram vestuário e têxteis com tratamentos em comparação com as mulheres. Os homens têm uma relação muito peculiar com as suas roupas, refere a Purista, já que não se dão muito bem com o ferro de engomar, a sua colecção é muito limitada e são relutantes em gastar muito dinheiro na compra de artigos que são para usar debaixo do blusão ou casaco ou que são apenas para tirar do armário ao fim-de-semana. Assim, não é muito surpreendente o facto de muitos homens procurarem artigos que trazem valor acrescentado nos acabamentos, permitindo-lhes gastar o menos tempo possível a tratar deles. A Purista descobriu que os artigos com acabamentos mais procurados pelos homens são as meias (48%). Os artigos mais pedidos que actualmente não estão disponíveis na alta roda são a roupa interior com tratamentos anti-microbianos (44%) e tops ou camisas (41%).O director de negócio internacional Peter Cowey afirmou que «esta pesquisa poderá ser uma chamada de atenção para os compradores e produtores de vestuário masculino. Ela prova que quando os homens vão às compras procuram vestuário que lhes traga algum tipo de benefício, tais como o realce de uma sensação de frescura e acabamentos com propriedades anti-ruga». De todos os homens entrevistados, uns significativos 41 por cento afirmaram que estariam dispostos a pagar em média mais 5,9 por cento por estes benefícios.