Início Arquivo

Que blazer comprar?

Todos os homens devem ter, pelo menos, dois blazers no seu guarda-roupa. Um social para as ocasiões solenes e outro mais casual, para usar nas saídas informais. Sinónimo de elegância e distinção, esta peça tem vindo a ganhar contornos mais modernos e descontraídos na passerelle, em combinações com peças tão diferenciadas como camisas e gravatas, pólos e jeans ou até com t-shirts (sobretudo com decotes em V) e calções. No Outono/Inverno 2011-2012, os blazers voltam a estar – como era de prever – em evidência, ganhando todavia um look mais actual, sobretudo no corte, uma vez que surgem com um comprimento mais curto e na modelagem, com linhas mais justas ao corpo. Nas semanas de moda de Milão e Paris, as formas mais tradicionais foram aquelas que estiveram mais em voga, nomeadamente o modelo americano, inglês e italiano. O primeiro é mais justo, sem enchimentos e sem marcação na cintura. O modelo inglês é mais estruturado e tem ombros marcados, enquanto o italiano é mais casual. Os ideiais para usar na próxima estação fria serão os americanos, com corte mais ajustado, para melhor delinear a silhueta masculina, e mais curto. Em relação aos materiais, estes podem ir desde o denim às malhas e lãs frias. No entanto, o “must-have” do próximo Inverno será mesmo o de veludo, que incute sofisticação ao visual. Nas passerelles mundiais destacaram-se ainda os blazers com padrões, em tweed e em linhas entrecruzadas que formam quadrados. Este tipo de blazers deve ser utilizado em ocasiões mais solenes. As tonalidades da estação serão sobretudo escuras, nomeadamente preto, azul-marinho, cinzento, caqui e camel, que permitem combinações mais amplas com diferentes peças de vestuário. Os modelos em tons dão, por seu lado, um toque mais informal. Os blazers voltam, assim, a ser uma opção de destaque para a próxima estação fria, ganhando todavia um novo público, uma vez que perde a austeridade de outros tempos e surge em combinações mais modernas com visuais extremamente urbanos.