Início Arquivo

Quer ser a nova Zara? – Parte 2

Como consequência dos fenómenos de globalização e de acréscimo do nível de competitividade dos mercados, as empresas da fileira moda necessitam de recorrer a sistemas e soluções de gestão de processos de negócio e dos fluxos de informação que reforcem e consubstanciem as suas propostas de valor. Para as 5 tendências apontadas (ver Quer ser a nova Zara? – Parte 1), desvendamos agora 5 conjuntos de soluções que visam garantir o aproveitamento dessas oportunidades de liderança. Ferramentas de gestão do ciclo de vida do produto (PLM) As soluções de gestão do ciclo de vida do produto têm como principal objectivo e mais-valia a redução do time-to-market de determinado artigo ou colecção. Este objectivo é atingido através da sincronização das diversas actividades patentes nesta etapa de negócio de forma transversal às organizações e aos parceiros que com elas interagem. Outras das vantagens deste tipo de ferramenta é a possibilidade de estimular o trabalho colaborativo com clientes e fornecedores e entre colaboradores através da utilização de ambientes Web e a capacidade de se controlar desde muito cedo aspectos relacionados com os custos e com a engenharia de produto. Ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) À medida que ficam cada vez mais dependentes dos seus clientes, as empresas da fileira moda precisam de se focalizar numa melhor percepção das necessidades dos mesmos e das tendências de mercado. Desta forma, é necessÁrio direccionar os processos de negócio para que se atinja uma maior satisfação nos relacionamentos e nas experiências de compra. Isto deverÁ ser efectuado através da integração das funções de marketing, que irão gerar oportunidades através de actividades inovadoras que captem a atenção, e das funções de venda que trabalharão sobre essa base para garantir a transformação dessa atenção em negócios, transacções e associações positivas entre a marca e os seus produtos. Ferramentas de gestão das cadeias logísticas dirigidas pela procura (SCM) Este tipo de ferramentas garantirÁ que os esforços realizados pelas soluções atrÁs enunciadas terão um “parceiro” credível em termos de serviço ao cliente. De pouco interessa criar colecções ou produtos bem concebidos, adoptados pelos clientes e com uma boa imagem de marca se não os conseguirmos disponibilizar na altura e local correcto. As ferramentas de SCM surgem, assim, para assegurar que as empresas disponibilizarão aos seus clientes um serviço de excelência a custos adequados. Os objectivos e benefícios deste tipo de soluções passam pela disponibilização de métodos mais eficazes e eficientes de previsão, por uma correcta gestão de stocks ao longo do ciclo logístico e pela flexibilização que permite que as empresas reajam em curtos espaços de tempo às variações da procura. Ferramentas de gestão da integridade e qualidade da informação Tendo como objectivo a sincronização das actividades entre os diversos elos da cadeia de valor das empresas da fileira moda, garantir que todos estão a falar a mesma linguagem é fundamental. Seja na fase de desenvolvimento das colecções, na gestão de campanhas promocionais ou na entrega dos artigos correctos nas lojas certas a disponibilização de informação correcta, completa e consistente é fundamental para o correcto funcionamento de todos os processos. A sincronização e o entendimento correcto dos dados entre todos os intervenientes é, assim, uma pedra basilar para as diversas soluções e ferramentas utilizadas para a optimização das relações e operações de negócio e para diminuir os erros ao longo da cadeia de valor. Deste modo, a integridade e disponibilização de informação em tempo quase real permitirÁ a manutenção de fluxos físicos de produtos alinhados com as necessidades sentidas no mercado, ao mesmo tempo que se optimizam processos e se minimiza o desperdício. Sistemas Integrados de Gestão Nada do atrÁs enunciado serÁ atingido caso a empresa não tenha, elas própria, os seus processos e fluxos de informação integrados e optimizados. Os sistemas integrados de gestão garantirão assim a optimização das diversas actividades internas, tais como o planeamento e controlo de produção, a gestão financeira e de tesouraria, a gestão de recursos humanos, as compras e a gestão de qualidade. Além de serem uma condição quase obrigatória para a adopção das restantes soluções, os sistemas integrados de gestão têm sido, nos últimos anos, a maior fonte de eficiência em empresas de todo o mundo. Ao garantirem o correcto fluir dos processos dentro da empresa, estas soluções permitem ganhos através da redução de diversas tipologias de recursos empregues, aumentam substancialmente o controlo da gestão estratégica e operacional sobre os eventos de negócio e garantem uma base de melhoria contínua facilitadora da inovação. "Gestão e Estratégia na Fileira Moda" é patrocinado por: