Início Notícias Retalho

Realidade aumentada entra nas casas dos consumidores

Colocar produtos digitalmente em nossa casa, com smartphones, é cada vez mais comum. Mas isso não quer dizer que seja fácil.

As marcas estão finalmente a apostar na realidade aumentada (RA), mas não sem alguns obstáculos. Para o retalho, a RA faz todo o sentido e empresas como a Wayfair, Lowe’s e Ikea estão a usar esta tecnologia para ajudar os consumidores a colocar versões digitais à escala dos seus produtos em casa, como por exemplo um sofá, usando os seus smartphones.

Apesar destes esforços, nem sempre o sucesso está garantido, com desafios na adesão em massa e na facilidade do uso, assim como no serviço ao cliente, quando está a tentar comprar um artigo.

Josh Shabtai, diretor de operações da Lowe’s, referiu ao site Adweek que «esta tecnologia ainda é muito recente para as pessoas. Mas ao longo do tempo habituam-se e ficam mais confortáveis, à medida que são lançadas aplicações no mercado». E muitos pais ficaram mais abertos à tecnologia depois de verem os filhos a jogar o jogo Pokémon Go. A marca consegue uma taxa de conversão de visitas em vendas de 104% quando os clientes interagem com os objetos em formato 3D em aplicações, comparando cos que não o fazem.

A aplicação da Ikea para RA não só ajuda na inspiração do design como faz com que seja mais fácil comprar produtos. Os clientes podem escolher e comprar no site da retlhista sueca. Entre os principais desafios para o grupo está a conseguir com que os produtos 3D pareçam reais, com a cor certa e detalhes apropriados.

No caso da Wayfair, com a aplicação View in Room 3D, o problema era fazer com que os consumidores acreditem que a mobília está à escala certa. Shrenik Sadalgi, que dirige este tipo de projetos no grupo, acredita que esta tecnologia um dia «será obrigatória» para a compra de qualquer artigo. Para o responsável, ainda há muito a fazer na área do 3D que atraia os consumidores.

A rede social Snapchat está a dar às marcas a hipótese de usar as suas funcionalidades de RA, tendo recentemente estabelecido uma parceria com a Jordan, Shopify e a Darkstore para vender novos ténis na aplicação.