Início Revista de Imprensa

Revista de Imprensa

  1. Como uma têxtil sobreviveu às fraldas descartáveis e, agora, enfrenta o Brexit
  2. Tecnologia portuguesa na criação de primeiro banco móvel dos EUA
  3. New York Times descreve calçada portuguesa como uma “tapeçaria”
  4. Portugal registou terceira maior queda nos preços da produção industrial em fevereiro
  5. Crescimento do comércio mundial recua para 2,6% em 2019
  6. “Alexa, apaga a luz”: como os assistentes virtuais estão a mudar o mundo
  7. Outros

1Como uma têxtil sobreviveu às fraldas descartáveis e, agora, enfrenta o Brexit

ri.expresso
A Marizé tornou-se exportadora a conquistar clientes ao telefone. E vende no exterior 100% do que produz. São 40 anos de história com muito que contar

2Tecnologia portuguesa na criação de primeiro banco móvel dos EUA

ri.lusa
A plataforma de prevenção de fraude da portuguesa Feedzai vai ser usada pela norte-americana Varo Money, que conseguiu aprovação preliminar para se tornar no primeiro banco exclusivamente móvel dos Estados Unidos.

3New York Times descreve calçada portuguesa como uma “tapeçaria”

ri.noticiasaominuto
A publicação norte-americana descreve como o passado colonial e histórico de Portugal influenciaram um estilo decorativo unicamente luso, caraterizado: por filigrana delicada, azulejos coloridos, trabalho intrincado de ferro batido e de pedras a preto e branco com padrões que decoram os passeios e as praças principais.

4Portugal registou terceira maior queda nos preços da produção industrial em fevereiro

jornaleconomico
Só a Estónia (-1,5%) e a Dinamarca (-0,6%) tiveram quedas mais significativas que o nosso país (-0,5%), em comparação com o mês de janeiro. A nível global os preços da produção industrial subiram 0,1% na zona Euro e 0,2% na União Europeia.

5Crescimento do comércio mundial recua para 2,6% em 2019

ri.lusa
A Organização Mundial do Comércio (OMC) anunciou hoje que prevê que o volume do comércio mundial cresça em termos homólogos 2,6% em 2019, menos quatro décimas que em 2018.

6“Alexa, apaga a luz”: como os assistentes virtuais estão a mudar o mundo

dinheirovivo
Da Alexa à Siri, inteligência dos assistentes virtuais vão mudar não só o ambiente doméstico, mas também o empresarial.

7Outros

ri.diariodenoticias

Da asma à demência. Como a poluição do ar prejudica a sua saúde

Investigadores britânicos estão a realizar um estudo para perceber quais os efeitos da poluição atmosférica na saúde das crianças. Estudos anteriores revelaram que a poluição do ar está associada a um maior risco de aparecimento de doenças respiratórias e cardiovasculares, cancro do pulmão e até demência.

dinheirovivo

Há uma companhia aérea entre as dez empresas mais poluentes da Europa

Os números podem tornar a indústria aeronáutica na maior emissora de gases poluentes em três décadas.

“Vemos muitas indústrias a migrarem para Marrocos. É o caminho certo”

Nasser Kamel, secretário-geral da União para o Mediterrâneo, defende mais integração entre a Europa e norte de África, mesmo quando haja competição.

eco

Mars é a melhor empresa para trabalhar em Portugal

Empresa com dupla distinção pelo Instituto Great Place to Work alia o primeiro lugar do ranking geral ao reconhecimento em igualdade de género.

ri.expresso

Mais nuvens negras sobre a economia: FMI volta a cortar na previsão do crescimento mundial

A diretora-geral do Fundo deu a má notícia esta terça-feira numa conferência na Câmara de Comércio dos EUA. Em janeiro, o Fundo cortou para 3,5% o crescimento em 2019. Na próxima semana deverá anunciar nova revisão em baixa, porque a economia mundial atravessa “um momento delicado”

30 anos da pirâmide do Louvre celebrados com ilusão de ótica — e uma homenagem a Agnès Varda

JR é a assinatura do ilusionista de rua que homenageou outra figura das artes — a recentemente falecida Agnès Varda.

Jornal I

Identidade de género. Como lidam as marcas com a diversidade?

Se a sociedade demora um pouco mais a aceitar a diversidade, as marcas têm apostado no neutro. Exemplo disso são a H&M e a Zippy, que criaram recentemente coleções que rompem as fronteiras do género. As reações vão do aplauso à crítica.

ri.jornalnegocios

Conceição “obrigada” a ficar com a falida Ricon

Intimada pelo tribunal, para não perder o valor da caução, a dona da têxtil Sonix vai mesmo comprar as principais instalações industriais do antigo grupo de Famalicão. Um volte-face que não deverá impedir o despedimento de 140 trabalhadores.

Adeus agulhas? Aveiro descobre pastilhas contra a gripe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro descobriu na gema do ovo da galinha uma solução que quer revolucionar o combate à gripe. “Assim haja financiamento.”

Espanhola Demium quer lançar 60 start-ups em Portugal

A aceleradora de ideias de negócio, que se instalou recentemente em Lisboa, prevê lançar, nos próximos quatro anos, mais de 60 start-ups “made in” Portugal, numa avaliação conjunta superior a 100 milhões de euros.

ri.lusa

Angola cresce 0,4% este ano e 3,2% em 2020 e 2021

O Ministério das Finanças de Angola estima que a economia cresça cerca de 3% nos próximos dois anos e confirma a recessão de 2016 a 2018 devido à descida da produção de petróleo e menos atividade não petrolífera.

“Portugal está na linha da frente da execução de fundos comunitários”

O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, reiterou hoje, em Lisboa, que Portugal é um dos Estados-membros com maior execução de fundos comunitários, independentemente dos critérios utilizados pelas diversas instituições para efetuar este cálculo.

jornaleconomico

Brexit e tensão China-EUA com impacto negativo no comércio mundial

A Organização Mundial do Comércio prevê que, quer as exportações quer as importações, sejam superiores nas economias em desenvolvimento. Incertezas globais afetam trocas comerciais.

Outsystems investe um milhão de euros em Braga e prevê abertura de novo escritório

Nuno Antunes, vice-presidente de Engenharia da Outsystems, disse ao Jornal Económico que a aposta no edifício de Braga implica a renovação do edifício e também a contratação de 23 novos colaboradores.

Programa de aceleração internacional escolhe dois projetos portugueses

O “Cleantech Camp” selecionou 14 ideias de negócio relacionados com as energias limpas, entre os quais o Pavnext e o eCO2Blocks, que passam a estar na corrida ao prémio internacional de 20.000 euros da InnoEnergy, Naturgy, Enagas e CEiiA.

Portugal tem o quinto passaporte mais poderoso do mundo: permite entrar facilmente em 185 países

O passaporte português chega mesmo a superar várias potências mundiais como os Estados Unidos da América ou o Canadá cujo passaporte “só” permite entrar em 184 países.

ri.portugalnews

Saphety com 5000 clientes no mundo inteiro

A Saphety, líder em soluções software para faturação eletrónica, contratação e sincronização de dados entre empresas, revelou os resultados financeiros referentes a 2018. A empresa contabilizou 350 mil utilizadores ativos, num total de 5000 clientes a nível mundial.

e.Academia Internacionalizar, nova plataforma de e-learning da AICEP

A Academia Internacionalizar da AICEP irá colocar à disposição das empresas cursos formação online, através da nova plataforma de e-learning: e.Academia Internacionalizar. É mais um serviço que a AICEP desenvolve a pensar na capacitação das empresas para os desafios da internacionalização, através da disponibilização de cursos online, de curta e média duração.

Governo reforça apoio a processos de reestruturação empresarial

O Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB) e a Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) formalizaram um contrato de empréstimo de 100 milhões de euros para apoiar processos de reestruturação empresarial para pequenos negócios e empresas economicamente viáveis.

Oportunidade de negócio para empresas portuguesas no Peru

A SUNAT – Superintendencia Nacional de Aduanas y de Administración Tributaria(autoridade tributária e aduaneira do Peru) convida as empresas portuguesas a participarem no concurso público internacional para aquisição de capacidade adicional de armazenamento de informação institucional.

ri.publico

A revolução 4.0 traz promessas e perigos

Robôs, inteligência artificial, análise de dados, aplicações móveis – na quarta revolução industrial, as empresas estão a transformar-se. E, com elas, transforma-se também a natureza do trabalho e do consumo.

Um “laboratório ambulante” para eliminar todo o Plástico à Vista

Uma mini-estação itinerante de transformação de resíduos plásticos vai viajar pela zona costeira da margem Sul do Tejo. O objectivo do Plástico à Vista é sensibilizar e partilhar soluções para os problemas do lixo marinho.

As novas máquinas que trabalham por humanos

A tecnologia promete cidades com carros que se conduzem sozinhos, menos acidentes em minas, fábricas diferentes e produtos menos caros.