Início Revista de Imprensa

Revista de Imprensa

  1. Goucam investe dois milhões em fábrica de Viseu
  2. Católica revê em baixa previsões de crescimento para 2015 e 2016
  3. Empresas perderam mais de 9.000 ME em 2014
  4. Actividade económica e consumo privado voltam a abrandar em Setembro
  5. Portugueses são dos europeus menos satisfeitos com a vida
  6. Produção industrial em Portugal sobe acima da média do euro em Agosto

1Goucam investe dois milhões em fábrica de Viseu

Grupo contrata mais 20 pessoas e duplica a produção na unidade que passará a fornecer todas as fábricas.

2Católica revê em baixa previsões de crescimento para 2015 e 2016

Núcleo de Estudos sobre a Conjuntura da Economia Portuguesa estima subidas homólogas de 1,9% e 1,8%, respetivamente.

 

3Empresas perderam mais de 9.000 ME em 2014

Devido a atrasos nos pagamentos.

Portugal paga mais caro para se financiar

Taxa média fica em 2,4%.

4Actividade económica e consumo privado voltam a abrandar em Setembro

Actividade económica e consumo privado voltam a abrandar em Setembro.

Os dados do Banco de Portugal foram divulgados hoje.

5Portugueses são dos europeus menos satisfeitos com a vida

Relatório da OCDE mede o bem-estar nos países, algo que passa pelo trabalho, o descanso, a satisfação com a vida ou a educação.

Sonae Sierra investe 47 milhões no primeiro ‘shopping’ na Colômbia

A Sonae Sierra, empresa especializada em centros comerciais, anunciou hoje o seu primeiro investimento na Colômbia, um projecto que ascende a 47 milhões de euros e que estará em operação em 2017.

6Portugal tem menos milionários, mas estão mais ricos

Relatório do Credit Suisse mostra que em 10 anos a riqueza média aumentou 35%, mas num ano o país perdeu 25 mil ricos.

Portugal quer emitir hoje até 1,25 mil milhões de dívida

É o regresso aos mercados, com dois leilões de obrigações do tesouro a 10 e 22 anos.

7Produção industrial em Portugal sobe acima da média do euro em Agosto

A produção industrial em Portugal cresceu 1,3%, em Agosto, face ao mesmo mês do ano anterior, acima da média de 0,9% da Zona Euro. Contudo, em comparação com o mês anterior, a produção das fábricas portuguesas caiu 0,5%.