Início Revista de Imprensa

Revista de Imprensa

  1. Inditex vai aumentar dividendo após lucros recorde em 2015
  2. ModaLisboa: 46.ª edição arranca na quinta-feira com debate antes de 3 dias de desfiles
  3. Empresas com salário mínimo podem pedir redução da TSU
  4. O que está a travar o investimento em Portugal?
  5. Economia da zona euro cresce 1,6% no último trimestre de 2015
  6. Europa e economia vão marcar agenda de Marcelo
  7. Outros

1Inditex vai aumentar dividendo após lucros recorde em 2015

A dona da Zara reportou um conjunto de resultados recorde e anunciou um aumento do seu dividendo de 15,6%.

2ModaLisboa: 46.ª edição arranca na quinta-feira com debate antes de 3 dias de desfiles

Os desfiles da 46.ª edição da ModaLisboa, na qual serão apresentadas coleções para a próxima estação fria, decorrem entre sexta-feira e domingo, a maioria no Pátio da Galé, mas a iniciativa arranca um dia antes com um debate.

3Empresas com salário mínimo podem pedir redução da TSU

A medida excepcional de apoio ao emprego só é válida para contratos anteriores a 2016.

4O que está a travar o investimento em Portugal?

A Comissão Europeia identifica os principais factores por trás da difícil recuperação do investimento na economia portuguesa.

5Economia da zona euro cresce 1,6% no último trimestre de 2015

Crescimento do PIB português foi de 1,3%, abaixo da média.

6Europa e economia vão marcar agenda de Marcelo

Presidente escolheu uma equipa, para já, pequena e longe dos partidos para lidar com temas-chave. Orçamento é o primeiro desafio.

7Outros

Maioria de 89% confia no sucesso de Marcelo

Só 1,9% dos portugueses espera pior do que Cavaco Silva.

 

ri.diariodenoticias

Sánchez inclui Rajoy nas negociações. Rivera diz que acordo é impossível

Carta enviada por PSOE e Ciudadanos a convidar partidos para tentar conseguir um acordo não especifica que o líder dos socialistas é o candidato a primeiro-ministro. Grupo de militantes do PP quer um congresso em maio

Ferrari escolhe Lisboa para mostrar os “truques” do novo bólide

Veja as imagens do Ferrari GTC4 Lusso a acelerar pela baixa lisboeta e a percorrer as estradas da Serra da Arrábida.

Atividade económica em Portugal vai cair

OCDE prevê que a atividade económica em Portugal desacelere nos próximos meses, tendo o país registado o segundo maior decréscimo do indicador compósito da zona euro.

 

ri-diariodigital

OE2016: Moscovici «clarifica» declarações e reafirma «confiança» na capacidade do Governo

O comissário europeu dos Assuntos Económicos «clarificou» hoje as suas declarações da véspera relativamente a Portugal, apontando que nada mudou e há confiança na capacidade do Governo português em executar o orçamento de 2016 com respeito pelas metas.

Assédio a mulheres no trabalho diminuiu de 34% para 14% em 25 anos

A proporção de mulheres que admite ter sido vítima de assédio no local de trabalho diminuiu, em 25 anos, de 34% para cerca de 14%, tendo hoje maior capacidade de reação, muitas vezes através do confronto direto.

 

ri.diarioeconomico

Jerónimo Martins e bancos animam bolsa de Lisboa

Fora do mercado accionista, destaque para o alívio dos juros da dívida portugueses em dia de tomada de posse do novo Presidente da República.

França e Itália podem contagiar outras economias do euro

Portugal também faz parte do grupo de países com desequilíbrios excessivos.

Paquistão está interessado em investir no porto de Sines

O ministro dos portos de navegação do Paquistão reuniu-se com a ministra do Mar, demonstrando o interesse de investidores.

 

ri.jornalnegocios

Negócios de hotéis em Portugal superaram os 250 milhões em 2015

Mais de 50% destas 16 transacções foram feitas na região de Lisboa, enquanto 30% decorreu no Algarve.

 

ri.jornaldenoticias

OCDE prevê que atividade económica em Portugal desacelere

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) prevê que a atividade económica em Portugal desacelere nos próximos meses.

 

ri.lusa

AEP pede ao Governo manutenção da dinâmica de apoio às empresas

Depois das metas atingidas com o Plano 100, os empresários pedem empenho em continuar a dar apoios previstos nos fundos europeus, e que depois não os retire “com impostos agravados, mais custos de contexto e ausência de reformas fundamentais para a actividade económica”.

 

ri.publico

Famílias e empresas falham mais pagamentos de empréstimos

Incumprimento das famílias voltou a aumentar, mas o crédito vencido está abaixo de valores registados ao longo de 2015.