Início Arquivo

Riopele apresenta uma descida dos lucros

Segundo um comunicado da empresa, os lucros do grupo Riopele, que está dividido em 4 empresas: Riopele, Filatex, Olicor e Olifil, foram de 881 mil euros, representando uma quebra de 79% face ao ano anterior.

O volume de negócios da empresa teve uma ligeira descida de 0,04%, para 120,671 milhões de euros, contra os 120,713 milhões de euros em 2000. No respeitante à Riopele, o volume de negócios foi de 103 milhões de euros, tendo as margens operacionais da empresa sido afectadas negativamente pela má conjuntura internacional.

A empresa apresenta um cash-flow de 13 milhões de euros, o que representa uma descida de 25% em relação a 2000. No que respeita a internacionalização, foram investidos pela Riopele mais de 5,5 milhões de euros no mercado brasileiro através da holding Intermarcas, da qual detém a maioria do capital e possui duas lojas de roupa uma em S. Paulo e outra no Rio de Janeiro.

A Filatex SA, outra das empresas do grupo, também viu baixar o seu volume de negócios para 5,7 milhões de euros. Os resultados operacionais sofreram uma baixa para 114 mil euros. No entanto o cash-flow operacional situou-se nos 742 mil euros, cerca de 13% das vendas. Os resultados líquidos da empresa ultrapassaram os 125 mil euros, tendo a empresa investido um total de 1 milhão de euros.

A Olicor foi a única empresa do grupo famalicense a apresentar um aumento do volume de negócios em cerca de 10%, para 1,6 milhões de euros. Deu-se também uma subida tanto nos custos como nos resultados operacionais, em cerca de 20%, o que permitiu um ligeiro aumento dos resultados líquidos para 132,5 mil euros. A Olicor, juntamente com a Olifil, foram as empresas com um menor volume de investimento, que ultrapassou em pouco o meio milhão de euros.

A Olifil também apresentou um ligeiro decréscimo das vendas, que se manifestou na quebra dos resultados operacionais. Houve no entanto um aumento do cash-flow operacional em 16%, para cerca de um milhão e meio de euros. O investimento total das quatro empresas chegou aos 17,026 milhões de euros, e novamente aqui assiste-se a uma queda com 40% menos quando comparado com o exercício anterior.