Início Notícias Têxtil

RNM contrata em Famalicão

O grupo químico, com enfoque na área têxtil, vai investir 15 milhões numa nova unidade em Landim, que lhe permitirá criar 20 postos de trabalho.

O grupo RNM apresentou na última quinta-feira, dia 8 de março, um investimento em novas instalações em Famalicão, num total 15 milhões de euros, que irá criar 20 postos de trabalho na zona de Landim. Em comunicado, a empresa referiu que «estão a ser dados os primeiros passos para a construção da nova unidade, que permitirá a concentração de todos os processos industriais e de suporte do grupo». A mesma fonte acrescentou que a fábrica «potenciará o crescimento ao nível de toda a Península Ibérica».

Ricardo Machado, CEO da RNM, explicou que «a concentração de todos os recursos numa nova unidade faz parte da estratégia de consolidação do grupo a nível Ibérico. Este investimento terá repercussões em termos de impacto ambiental e de economia de escala dos nossos produtos e serviços. A agregação de todos os processos numa só unidade permite-nos manter uma oferta competitiva e mais sustentável a longo prazo».

A empresa química, com enfoque na área têxtil (ver RNM investe 15 milhões em Famalicão), revelou que «apostará na modernização de equipamentos e processos para garantir políticas de sustentabilidade que respeitem três vetores primordiais: segurança, qualidade total e ambiente». O grupo conta com 215 colaboradores e tem planos para a abertura da nova unidade no final de 2018, pode ler-se no documento.

A RNM fatura 135 milhões de euros, segundo informações da Câmara de Famalicão, que declarou que o investimento era de interesse público. O autarca, Paulo Cunha sublinhou que este projeto «sinaliza a vontade de que a RNM vai continuar a crescer».