Início Arquivo

Segunda ronda na Texprocess

A partir de segunda-feira, e até ao dia 13 de junho, todos os caminhos vão dar a Frankfurt, para mais uma edição da Texprocess, a feira de maquinaria para processamento de têxteis e materiais flexíveis que, pela segunda vez, se realiza em paralelo com a feira de têxteis técnicos e não-tecidos Techtextil. Onze pavilhões nacionais irão apresentar durante os quatro dias as principais inovações tecnológicas, nomeadamente nas áreas de design, corte, sistemas CAD/CAM, tecnologias da informação, controlo de qualidade, máquinas de costura, bordados, processamento e acabamento de têxteis e logística. De Portugal, estarão nesta área a AC Costura e a MCS Acessórios Têxteis. Mas a presença nacional em Frankfurt é mais abrangente, já que a Texprocess inclui ainda uma área reservada aos fornecedores de serviços de confeção – denominada Source It! – onde estarão sete empresas lusas: Gouveia e Campos, Layer Wear, Maxtil, Raith, Ribeiro Groché e Ruanjo (apoiadas pela Associação Selectiva Moda) e Tetribérica (a título individual). Uma área da feira que a organização, a cargo da Messe Frankfurt, espera que ganhe cada vez mais protagonismo, como revela Ina Stoltze, diretora da Texprocess. «O Source It! dá às marcas de moda uma excelente oportunidade para conhecer os pontos fortes do sourcing no mundo sem ter de viajar para países individuais. Uma plataforma de sourcing numa feira de tecnologia é um serviço único, que combina a busca por maquinaria inovadora com a procura por unidades de produção alternativas», destaca. Nesta segunda edição, o Source It! está no Hall 5.0, no meio da área dedicada às máquinas de costura e grupos de produto semelhantes, e tem como novidade uma bolsa de contactos no Source It Lounge: os visitantes da indústria de vestuário registados podem pesquisar que empresas de produção ou marcas de moda estão representadas na Texprocess e marcar reuniões com elas. A feira conta ainda com o Texprocess Forum, que nesta edição tem um programa de conferências relacionadas com sourcing, sustentabilidade, gestão da qualidade, logística e novas tecnologias, e ainda com o Texprocess Innovation Award, cujos vencedores são já conhecidos. Uma máquina de engomar camisas que mede a humidade residual e desliga-se automaticamente, um processo simplificado para produzir têxteis seamless, uma nova tecnologia para soldagem com ar quente e outras novidades fazem parte das sete tecnologias premiadas, que estarão em exposição na feira.