Início Notícias Vestuário

Seleção das Quinas veste camisola da sustentabilidade

A Federação Portuguesa de Futebol apresentou os novos equipamentos da seleção das Quinas e, pela primeira vez, mais de 75% da coleção é fabricada com poliéster 100% reciclado e incorpora a tecnologia Dri-FIT Adv da Nike, que garante um maior conforto aos futebolistas.

[©FPF]

Em comunicado, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) revela que o equipamento principal da seleção das Quinas tem «um contraste entre tons profundos e vívidos de vermelho e verde que remete para a bandeira nacional e que representa o país e o povo português». A presença da linha diagonal que atravessa o peito e as costas «quer retratar uma bandeira de Portugal que envolve o corpo dos atletas, ideia que serviu de base ao novo conceito “Veste a Bandeira” e que irá marcar a comunicação das Seleções Nacionais», explica a federação.

Os calções verdes, «muito apreciados pelos adeptos», foram mantidos, permitindo a fluidez visual desta nova coleção. Outro detalhe simbólico é a presença da esfera armilar na gola traseira.

Quanto ao novo equipamento alternativo da equipa nacional de futebol, usa um tom off-white que se «destaca dos tradicionais kits brancos, apresentado uma faixa com os mesmos tons verdes e vermelhos do equipamento principal que se estende para as costas, mantendo a lógica da bandeira no peito dos atletas portugueses», adianta a FPF. A presença dos tons azuis nas mangas e na gola é uma alusão à vasta costa atlântica de Portugal.

[©FPF]
[©FPF]
Pela primeira vez, mais de 75% de toda a coleção da seleção nacional é feita com poliéster 100% reciclado e com tecnologia Dri-FIT Adv da Nike que ajuda a manter o equipamento seco mais tempo, permitindo trabalhar mais intensamente de forma mais confortável. A construção única em microfibra de elevado desempenho do Dri-FIT promove o sistema de arrefecimento natural do corpo, drenando o suor e dispersando-o por toda a superfície da malha para que se evapore rapidamente, proporcionando o «máximo conforto aos atletas nacionais», sublinha a FPF.

Os novos equipamentos serão já utilizados na dupla jornada da Liga das Nações frente à Chéquia e à Espanha e no Mundial do Catar, nos próximos meses de novembro e dezembro.