Início Notícias Marcas

Shoevenir dá asas aos pés

A marca de calçado, que mistura viagens, arte e sustentabilidade, lançou uma campanha de pré-venda em setembro e outubro na plataforma de crowdfunding Indiegogo e angariou vendas de mais de 26 países. Ainda este mês entregará os primeiros 450 pares vendidos.

Gonçalo Marques e Miguel Lopes [©Shoevenir]

Criada por dois amigos de infância – Gonçalo Marques e Miguel Lopes –, a Shoevenir utiliza materiais sustentáveis, como cortiça reciclada, pele sintética, cordões de algodão e uma sola 100% reciclável. «Para além de todos este componente terem os materiais certificados, fizemos questão de visitar as fábricas e acompanhar os testes. As condições de trabalho superaram sempre as expectativas, fruto da qualidade incutida ao calçado português», destaca Gonçalo Marques.

Incubada na UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, a primeira coleção da marca, composta por seis pares de sneakers, foi beber inspiração às viagens e à arte. Porto, Lisboa, Madeira, Açores, Algarve e Cloud são os temas escolhidos, sendo este último, completamente branco, pensado para todos aqueles que querem criar a sua própria memória ou simplesmente adotar um look mais clean.

[©Shoevenir]
«O objetivo é escalar o conceito para qualquer sítio ou evento no mundo. Queremos continuar a criar calçado que seja mais do que um logótipo. As “shoevenirs” levam o seu utilizador a viajar. Hoje poderá ser para lugares portugueses, mas no futuro para Barcelona, Londres ou até ao Rock in Rio, quem sabe?», explica ao Portugal Têxtil.

Cada modelo resulta ainda de uma colaboração com um artista que concebe um postal, ao seu estilo, de um local. «Essa ilustração é posteriormente aplicada no interior dos sneakers e nos produtos complementares. É a ponte para revisitar memórias incríveis. Procuramos trabalhar com alguns dos melhores artistas nacionais no campo da street art, artes plásticas e design. O talento que temos por cá está ao nível dos melhores do mundo e o resultado foi o que esperávamos», desvenda o cofundador da Shoevenir. «No futuro gostávamos de trabalhar com artistas internacionais para criarmos novos modelos», assegura.

450 pares para 26 países

Ainda sem stock, os sneakers da Shoevenir estiveram disponíveis em pré-venda durante os meses de setembro e outubro na plataforma de crowdfunding Indiegogo tendo efetuado negócio com 26 países.

Os primeiros 450 pares vendidos serão entregues em janeiro. «Estamos ansiosos por finalmente poder vê-los nos pés dos cidadãos do mundo», confessa Gonçalo Marques.

Mas as ambições não ficam por aqui. «Queremos continuar a aumentar a nossa presença no mercado externo digital e fisicamente», admite. Para já, apenas é possível encomendar as Shoevenir através do site da marca. «Após a concretização da nossa primeira produção, estimada para janeiro de 2022, planeamos colocar as nossas sapatilhas em lojas físicas por todo o país», adianta.

[©Shoevenir]