Início Destaques

Showroom da Texworld cumpre expectativas

A segunda edição do evento, realizado por marcação, contou com a visita de cerca de 700 compradores em comparação com os 500 que estiveram em Paris em fevereiro. Face às restrições de viagens ainda em vigor, a versão mais tradicional e aberta da Texworld Evolution Paris irá decorrer apenas em fevereiro de 2022.

[©Messe Frankfurt France]

O Texworld Evolution Paris – Le Showroom reuniu nesta edição, que se realizou de 5 a 9 de julho, cerca de 7.000 amostras de 150 empresas, praticamente triplicando a oferta face à estreia em fevereiro. Houve ainda um aumento dos pedidos de informação, amostras e encomendas, para aproximadamente 4.500 (na primeira edição foram 3.235).

O evento esteve dividido entre duas localizações – o Atelier Richelieu e a 5 rue du Mail – e em duas grandes áreas, numa atmosfera pautada pelo verde vegetal: nas chamadas Fashion Libraries, os visitantes puderam tocar em amostras de tecidos, vestuário e acessórios dos expositores selecionados; e nos fóruns de tendências ficaram a conhecer as direções para a próxima estação, numa edição dos diretores artísticos da Texworld, Louis Gérin e Grégory Lamaud.

Estação da diversidade

Sob o tema RE-, o caderno de tendências para o outono-inverno 2022/2023, que está disponível online, encontra-se dividido em quatro direções – Resistência, Elevação, Osmose e Prazer.

Louis Gérin e Grégory Lamaud [©Messe Frankfurt France]
«Todos os caminhos estão abertos. Talvez todos sejam justos. A igualdade já não está na unicidade, mas na tolerância das singularidades. Há, neste mundo, um lugar para cada um. A vida sempre foi enriquecida pela sua própria diversidade. É por querermos ser idênticos que secamos a seiva da existência. Originalidade, criatividade, diversidade são os ventos que sempre transportaram os murmúrios do futuro», descrevem os diretores artísticos.

Resistência responde à busca por autoproteção face à incerteza do futuro. O desejo de regressar a estruturas sólidas, à origem. «A longevidade é, muitas vezes, filha da sabedoria e da prudência», resumem os autores das tendências.

Já Elevação é um hino à superação, a aprender com os nossos erros e melhorarmos como pessoas e enquanto sociedade, deixando o egoísmo e procurando o bem comum da humanidade, como seres etéreos ou anjos, mais próximos do céu. Transparências, drapeados e tons de azul fazem parte desta tendência.

Em Osmose aponta-se para o renascer da Humanidade, mais próxima e em simbiose com a natureza. «Sempre fomos uma forma de vida entre outras. Está na altura de o aceitar. Curvar as nossas vidas a regras que estão além de nós», indica o caderno de tendências. Os verdes pintam esta direção, que inclui matérias-primas, ou pelo menos as suas texturas, nas propostas.

[©Messe Frankfurt France]
Por último, Prazer é uma ode a viver de forma hedonista e anárquica, sem limites ou barreiras, focando-se numa perspetiva mais boémia do mundo. «Se não há regras, não há verdade, então só o prazer conta», explica o caderno de tendências sobre esta direção, que é colorida e, por vezes, exótica.

Até 2022!

Em declarações à Fashion Network, Frédéric Bougeard, presidente da Messe Frankfurt France, afirmou que «os resultados demonstram que esta abordagem corresponde às necessidades e expectativas, assim como a capacidade de nos adaptarmos às circunstâncias. Porque nós não somos organizadores de feiras: somos fornecedores de soluções».

O próximo evento da Texworld Evolution Paris está agendado para fevereiro do próximo ano, numa versão que deverá ser semelhante às realizadas no período pré-pandemia, ocupando o parque de exposições Le Bourget, na capital francesa.

A Messe Frankfurt France decidiu não realizar a edição de setembro, uma vez que, apesar do alívio das restrições relacionadas com o Covid-19 em França, «vários países, sobretudo a Índia, Taiwan e a Turquia, continuam a ser muito afetadas pela crise. A situação de saúde mundial e as restrições de viagens tornam incerto se expositores e visitantes internacionais importantes vão poder estar presentes», justificou, em comunicado, a organização.

[©Messe Frankfurt France]