Início Notícias Têxtil

Smart Inovation e Focor unem forças

A Smart Inovation conquistou uma alta patente da distribuição de químicos em território nacional, a Focor, para a sua guerra declarada aos mosquitos, ácaros e bactérias em têxteis e vestuário.

Para chegar à indústria têxtil, a Smart Inovation estabeleceu uma parceria com a Focor, que resultou já na apresentação ao mercado nacional de três soluções com funcionalidades de bactericida, anti-ácaros e repelente de mosquitos. «Percebi que estavam a fundamentar todo o seu trabalho no sentido de apresentar um produto ao mercado que fizesse sentido, não só as funcionalidades que eram expectáveis, como também utilizando a tecnologia inovadora que é o ex-líbris da Smart Inovation», explica a diretora do departamento têxtil da Focor, Conceição Tedim. «E, efetivamente, “comprei” a ideia», afirma.

Fundada em 1962, a Focor soma já uma longa experiência na comercialização de produtos químicos para diferentes indústrias, entre as quais a têxtil. «Nós somos uma empresa de nanotecnologia e desenvolvemos aplicações para várias áreas, ou seja, a nossa tecnologia tem aplicação em diferentes materiais, diferentes produtos, diferentes indústrias. Um desses materiais que conseguimos funcionalizar é o têxtil, logo temos aplicação para o sector mas não somos especialistas têxteis, pelo que procurámos parceiros estratégicos nesta área», revela Mário Brito, CCO da Smart Inovation, ao Jornal Têxtil (edição de dezembro 2017). «A Focor é a nosso parceiro na indústria têxtil nacional. Dá-nos o apoio técnico necessário, distribui os nossos produtos. Nós estamos focados, acima de tudo, no desenvolvimento dos nossos produtos», aponta.

Os desafios são grandes, mas ambas as empresas acreditam que as oportunidades também. «Neste momento, estamos a tentar conquistar mercado», admite Conceição Tedim. «Esta área de negócio não era nova para nós. No passado, tínhamos já vendido produtos exatamente para o mesmo fim, mas baseados em química completamente diferente e conhecendo as limitações dos outros, percebi que estes produtos poderiam ir mais além. A maior parte das soluções protege o tecido ou o ser humano quando está coberto, esta solução tem não só a proteção do que está coberto, mas também uma “áurea” de proteção que nos dá algum conforto», destaca.

Atualmente, o objetivo é «otimizar processos», sublinha a diretora do departamento têxtil da Focor, para oferecer «a melhor solução para o consumidor final». Na linha de mira estão o retalho, procurando assim replicar o sucesso da colaboração da Smart Inovation com a marca de vestuário infantil Zippy do grupo Sonae, cuja linha de roupa com Repel Mosquito venceu, em 2016, o “Prémio Excelência-Inovação no Retalho” na categoria “Inovação de Produto e de Marca” atribuído pela APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição. «Temos aqui uma evidencia, de ser um tipo de produto que pode ser utilizado mesmo por crianças, com a maior parte dos produtos da concorrência isso não é possível», conclui Conceição Tedim.