Início Notícias Vestuário

SMSenra: resposta à medida

Nascida em 2005, a SMSenra presta serviços de modelagem e comercialização de vestuário para marcas como Carolina Herrera, Cop Copine ou Me+Em. Somando já muitos voos para destinos como Espanha, França e Inglaterra, a empresa da Maia quer agora aterrar com segurança nos países nórdicos.

«Somos 12 pessoas, fazemos toda a parte de modelagem, comercial e de sourcing e, depois, temos uma empresa do grupo que faz a parte da confeção. Essa conta com um efetivo de aproximadamente 50 pessoas», revela Sílvia Senra, administradora da SMSenra, ao Portugal Têxtil.

O vestuário em malha circular é o core business da SMSenra, que inclui nas coleções algumas misturas com tecido, em pequenos detalhes da peça, para responder aos pedidos dos clientes, que incluem marcas como a Carolina Herrera, a francesa Cop Copine e a britânica Me+Em.

Nas palavras da administradora, a SMSenra ergueu-se precisamente para dar resposta à procura das marcas por «produtos de qualidade, no timing pedido e para encontrar uma forma de tornar rápida e transparente toda a entrega de produtos de moda».

Espanha e Inglaterra compõem atualmente a dupla dos melhores mercados de exportação da empresa, que tem agora as baterias apontadas para a Alemanha e para os países nórdicos.

A investida germânica passou já pela presença na Munich Apparel Source, o salão paralelo à Munich Fabric Start que teve a sua estreia entre os dias 5 e 7 de setembro (ver 34+9 em Munique).

«Temos clientes na Alemanha, mas são poucos e o que notámos é que há mais procura pela confeção portuguesa, que era algo que há uns anos não acontecia. Como notámos essa procura, achámos por bem apostar na feira, para nos darmos a conhecer e para mostrarmos o nosso produto», explica Sílvia Senra ao Portugal Têxtil.

No que diz respeito ao mercado nórdico, a administradora da SMSenra fala de um interesse mútuo.

«Suécia, Noruega e Finlândia são mercados muito interessantes para nós e os mercados nórdicos mostram interesse pelo nosso tipo de produto», afirma.

Socorrendo-se, além da confeção garantida pelo grupo, de uma rede especializada de parceiros, a SMSenra acredita que a rapidez e a eficácia são os seus trunfos na conquista das marcas de renome.

«As marcas com as quais trabalhamos conseguem rapidamente fazer uma reposição de stock, conseguem criar edições especiais, podem ver as reações do mercado», aponta Sílvia Senra, acrescentando que «conseguimos que o nosso cliente realmente só precise de pedir aquilo de que tem necessidade, sem ter de fazer stocks, de fazer previsões que nem sempre podem ser acertadas».

Graças à qualidade de serviço prestada, a empresa tem experimentado um crescimento constante e sustentado e o corrente ano antecipa-se igualmente próspero.

«2017 tem sido um excelente ano e, por isso, estamos a contar com crescimento à volta de 2% a 3%», adianta a administradora da SMSenra ao Portugal Têxtil.