Início Arquivo

Sob o signo da mudança

A edição de setembro da Modamont – que abre portas amanhã e se prolonga até ao dia 19 – traz consigo muitas novidades: deslocalização para o hall 4, o que significa uma reorganização do layout da feira, mudanças nos fóruns de tendências, apenas utilização do passe da Première Vision Pluriel (o que se traduz numa mudança de uma feira de entrada livre para uma entrada paga), e inauguração de uma nova identidade visual, com um novo logótipo e uma nova imagem. «Será uma fase importante no desenvolvimento da Modamont», sustenta a organização do salão, que se realiza integrado na Première Vision Pluriel. «As mudanças colocadas em prática na edição de setembro procuram reforçar a atratividade da feira no mercado para acessórios e componentes para artigos em pele, calçado e joalharia de moda. O objetivo é também aumentar o número de visitantes internacionais, sobretudo do sector do vestuário, assim como abrir portas para estes mercados para os expositores da feira. Embora a indústria da moda continue muito concorrencial e afetada por um contexto económico difícil, a Modamont está a confirmar com estas iniciativas que está fortemente focada nos mercados internacionais e na criatividade», revela em comunicado. Na 36.ª edição do certame dedicado ao mundo dos acessórios, a Modamont junta 317 expositores, um número recorde que ultrapassa em 4,6% a anterior maior edição, em setembro do ano passado, onde estiveram 303 expositores. Para além do recorde no número total, também o número de novos expositores é o mais elevado de sempre. «Embora seja verdade que o número de empresas que se candidataram para admissão seja maior, também notámos um aumento da qualidade dos candidatos, tanto em termos de criatividade como de capacidade», explica a organização, que aponta como principais países de origem destes debutantes Itália, sublinhando ainda o regresso de expositores dos EUA e da Dinamarca. De Portugal, marcam presença a Gracil – Folhos e Plissados e a Idepa. O salão dedicado aos acessórios destaca igualmente o designer vencedor do ITS – International Talent Support na categoria de acessórios. Leonard Kahlcke, alemão e estudante do London College of Fashion, convenceu o júri internacional com a sua coleção de calçado para homem L.A. Flaunting e com o prémio de 5.000 euros irá criar uma nova coleção que será apresentada no ITS 2014.