Início Arquivo

Solidariedade na Beckhamlândia

Chelsea viveu um dia intenso na passada sexta-feira. Filas e mais filas de fãs e fashionistas juntaram-se à volta do quarteirão onde se situa a loja da Cruz Vermelha, depois de Victoria e David Beckham terem doado 20 caixas de roupa e calçado para angariar dinheiro para as vítimas do furacão das Filipinas. Sapatos de designer e fatos que pertenceram à cantora das Spice Girls, agora designer de moda, e ao conhecido futebolista estiveram à venda na loja da Cruz vermelha Britânica no bairro de Chelsea por valores como 120 euros, uma pequena fração do seu preço original. Os primeiros compradores chegaram à loja duas horas antes do horário de abertura, na esperança de conseguir um bom negócio, apesar da maior parte das roupas de Victoria Beckham ser demasiado pequena para a mulher média. «Vamos fechar mais cedo porque estamos esgotados – foi tudo vendido muito rápido», anunciou poucas horas depois a porta-voz da Cruz Vermelha, Laura Hinks. «As roupas tinham preços muito acessíveis. David e Victoria queriam que toda a gente tivesse a oportunidade de comprar alguma coisa», acrescentou. Entre as peças vendidas estão um par de botas com estampado de vaca e denim e umas botas de cowboy em pele de cobra com o nome de Victoria entalhado a pedras preciosas. A montra tinha um fato branco com camisa preta que pertenceu ao ex-capitão da Seleção Inglesa, ao lado de uma t-shirt com o nickname da esposa – Posh – e um casaco branco a dizer “Spice Girls” atrás. Num cartaz podia ainda ler-se: “os clientes estão limitados apenas a um artigo VB ou DB”. No interior, cinco prateleiras estavam repletas de sapatos de Victoria e uma barra com ténis à venda por cerca de 42 euros o par. Havia ainda uma minissaia vermelha com os nomes dos filhos do casal, Brooklyn, Romeo e Cruz. Até os homens compraram pares de saltos altos de Victoria, alguns dos quais apareceram mais tarde à venda no eBay. Uma mulher experimentou com orgulho os seus novos sapatos de salto alto Le Silla na rua, enquanto outra exibia um casaco Chanel amarelo. Uma doação em massa semelhante de Victoria Beckham para a campanha de luta contra o cancro em 2010 angariou quase 7 mil libras (cerca de 8.300 euros), mas ainda não há números para a venda da semana passada. Hinks considera que o famoso casal deu o exemplo: «eles esperam realmente que isto encoraje outras pessoas a irem à loja local da Cruz Vermelha e a doar roupa». Victoria Beckham tinha anteriormente publicado no Twitter uma foto de si própria no meio de uma pilha de caixas enquanto empacotava as roupas, juntamente com outra foto de uma pilha de sapatos. «Toda a gente tem alguma coisa no armário que está a guardar – um vestido, um fato ou um par de sapatos que pensa que pode usar outra vez», afirmou Victoria em comunicado. «Procurem-nos, encaixotem-nos e deem a alguém a oportunidade de os comprar, angariando os tão necessários fundos para o esforço de ajuda da Cruz Vermelha», desafiou. O super-tufão Hayan, que varreu dezenas de cidades no centro das Filipinas a 8 de novembro, causou 5.500 mortos e desaparecidos.