Início Arquivo

Somelos inicia Parceria e lança novo Serviço

A empresa portuguesa Somelos estabeleceu uma parceria com a italiana TecnoYarn, podendo agora apresentar ao mercado nacional uma resposta rápida no fornecimento de fio, e dois novos serviços: o Stock Service e as Encomendas Programadas, disponibilizando, no primeiro, «a possibilidade do cliente contar com o stock da nova empresa. Esta nova modalidade permite agora aos clientes que estavam habituados a encomendar apenas produto, encomendar também um serviço nesta área de negócio, não tendo de se preocupar em gerir stocks», elucida Paulo Renato, gerente da TecnoYarn-Somelos-Portugal, ao Portugal Têxtil (PT). A TecnoYarn comercializa fio de algodão em Itália, trabalhando para o segmento de meias, peúgas e collants, «que é um segmento muito exigente, dado que as peúgas têm um ciclo produtivo muito curto, com a possibilidade de se encomendar numa semana e a entrega ser logo na semana seguinte. Quem trabalha no sector peúgueiro tem necessidade de ver assegurado um fornecimento variado de possibilidade de fios e cores, mas sempre de entrega rápida. Como trabalhava com a Somelos neste moldes começámos a pensar em comercializar e distribuir fio em parceria com a empresa italiana, mas com novos serviços, e a aceitação tem sido muito boa», comenta Paulo Renato.A TecnoYarn-Somelos-Portugal tem actualmente cinco elementos, opera na área de Brito, em Guimarães, e disponibiliza fio de algodão fornecido e supervisionado pela vizinha Somelos -, «importando» o fio de poliamida do novo parceiro italiano. A empresa festeja este mês o seu primeiro ano de actividade, e para além «das encomendas terem vindo aumentar, como estamos numa actividade sazonal, nota-se agora um grande incremento nos pedidos de fio de algodão para o Verão», o que com os encomendas até agora registadas permite «prever bons resultados» no final do exercício económico. No futuro próximo a TecnoYarn-Somelos-Portugal quer realizar um plano de comunicação dos seus novos serviços e «alargar este serviço para a indústria das malhas», complementa o gerente ao PT.