Início Arquivo

Sonae aposta no retalho especializado

Após ter vendido a sua componente de retalho no Brasil à Wal-Mart (ver artigo PT), a Modelo Continente, do grupo Sonae, irá centrar a sua estratégia de expansão no reforço das insígnias de retalho especializado em Portugal e no estudo de oportunidades em mercados externos, mas, para já, o investimento está apenas canalizado para Portugal, onde no próximo ano prevê despender 250 milhões de euros.

A internacionalização destas cadeias deverá implicar ou a realização de parcerias com parceiros que incorporem mais-valias à empresa ou aproveitando a abertura de centros comerciais da Sonae Sierra.

Lembramos que a experiência do grupo no campo da internacionalização do retalho com a insígnia Sportzone não correu bem, com prejuízos operacionais da ordem dos 2,5 milhões de euros. Esta tentativa iniciou-se em 1998 e durou pouco mais de três anos. A Sportzone, que esteve instalada em Málaga, Valência e Sevilha, não conseguiu bater-se com as cadeias de material desportivo como a Decatlon, Intersport e a basca Fórum. No Brasil, a Modelo Continente explorava também insígnias de retalho especializado, como são exemplo o Big Eletroelectronico e a de vestuário Hello.

Em Portugal, a empresa abriu este ano 46 unidades de retalho especializado, principalmente das insígnias Worten, Sportzone e Zippy. A conjuntura económica que o país atravessa deverá repercutir-se nas vendas da empresa, mas a área de retalho especializado irá com certeza atenuar uma mais fraca performance da área alimentar. No terceiro trimestre deste ano, a Modelo Continente registou um volume de vendas brutas de 2.186 milhões de euros. Esse valor apresenta um crescimento de 2% no alimentar e um aumento de 10% no retalho especializado.

Além da Worten, cadeia líder no comércio a retalho de electrodomésticos e artigos de electrónica de consumo, da Vobis, especializada em retalho informático, da Maxmat, rede de lojas de bricolage, construção e jardim (uma parceria entre a Modelo Continente e o grupo irlandês CRH), as insígnias de retalho especializado da Modelo Continente são a Sportzone, a Modalfa e a Zippy.

Quanto à Sportzone, esta é a maior cadeia de lojas de desporto do país, com uma larga oferta de artigos e equipamentos para diferentes modalidades, que comercializa uma gama alargada de marcas de prestígio, conjugada com diversas opções em marcas próprias. A sua rede de superfícies comerciais está presente nos principais centros comerciais de Portugal, com áreas médias de 840 metros quadrados. Neste momento, a Modelo Continente explora 41 lojas, sendo que só este ano abriu mais onze. Em 2004, facturou 102 milhões de euros.

Já a insígnia para a área têxtil da Modelo Continente, a Modalfa, conta com 55 unidades, num total de 28 mil metros quadrados, tendo a primeira loja aberto em 1995. Nas lojas, com cerca de 500 metros quadrados de área média, a Modalfa apostou na criação de marcas próprias de vestuário como a Shesan (urbano), Barred’s (clássico), Just (casual) e Xplosion, desenhadas para responder aos diferentes estilos do cliente. A insígnia dispõe também de marcas para o segmento infantil e pré-mamã. Em 2004, as 52 lojas venderam 78 milhões de euros.

A Zippy Kidstore, a mais recente insígnia da Modelo Continente, está direccionada para os mais pequenos. As oito lojas da cadeia estão inteiramente dedicadas às crianças dos zero aos oito anos. A Zippy Kidstore pretende comercializar roupa e acessórios coloridos, com design moderno e materiais confortáveis. A primeira loja abriu no Gaiashopping, tendo-se distinguido pela animação e colorido da imagem e pela vasta gama de artigos para bebé e criança, puericultura e artigos pré-mamã. A experiência-piloto teve tal sucesso que, só este ano, a Modelo Continente abriu mais sete unidades Zippy. Em 2004, com uma loja, vendeu um milhão de euros.