Início Arquivo

Speedo rumo ao futuro

Nasceu na Austrália nos anos 20, mas rapidamente se tornou numa das maiores marcas mundiais de artigos de praia, através da venda de roupas de natação no mundo inteiro e sobretudo devido à divulgação da sua imagem através de atletas patrocinados em competições nacionais, campeonatos mundiais, internacionais e Olimpíadas. Vendendo para um público-alvo bastante exigente e que se preocupa com a sua imagem, a Speedo é uma recordista, tendo já conquistado mais medalhas de ouro e quebrado mais recordes do que qualquer outra marca nos Jogos Olímpicos. «As pessoas que vestem Speedo são indivíduos que se sentem extremamente bem na sua própria pele, pessoas desportivas com corpos bonitos, glamour e alguma classe, mas que nunca descuram aquele toque sporty tão característico da nossa marca. Por isso apostamos nos nossos clientes e nos nossos desportistas, que são a nossa principal fonte de orgulho», começou por explicar Heike Schulze, directora de marketing da Speedo. Propriedade do grupo britânico Pentland, a Speedo tem uma preocupação constante de evoluir e estar a par das expectativas dos seus clientes e, por esse motivo, divide as suas colecções em quatro gamas distintas: Performance, Sports, Well Being e Fashion. «A Speedo está presente no mercado há mais de 80 anos, com objectivos claros de estar na frente da evolução do mercado e por esse motivo apresenta estes quatro segmentos. Isto acontece porque cada cliente tem uma personalidade e uma maneira de ser, e a Speedo pretende estar sempre à altura de satisfazer todos de forma distinta, mas sempre com qualidade e na vanguarda no que concerne à inovação e performance», afirmou a directora de marketing. Presente um pouco por todo o Mundo, em Portugal a marca também tem um mercado de destaque. Representada pelo grupo Chaves Feist & Ca., os clientes portugueses seguem à risca o público-alvo da marca, através de uma fidelidade pela aventura, inovação e qualidade. «A Speedo está representada em mais 175 países, em todo o Mundo. Portugal é um dos países onde a marca continua a vender bem e no qual pretendemos continuar a apostar. Todavia, os maiores mercados da Speedo são mesmo os Estados Unidos da América e a Austrália», destacou a directora de marketing. Relativamente a números, num mercado mundial avaliado em 8,1 mil milhões de euros, 11% das vendas da marca são consagradas ao sector dos fatos-de-banho de performance, representando um forte valor conjunto em termos técnicos, 33% são dedicadas aos produtos desportivos, 11% aos produtos para fitness e bem-estar, e, por fim, 45% aos fatos-de-banho da moda, ligados às férias e à moda balnear. Mas as metas são claras e têm em vista um crescimento sustentado em três dígitos, para os próximos três anos. Por esse motivo, a Speedo tem apostado numa nova gama de produtos e a sua mais recente novidade trata-se de uma colecção especial para triatletas com fibra elástica ultra-resistente. Baptizada de XDSKIN, a nova linha é confeccionada com XLA, uma fibra elástica que suporta até mil horas de uso. «Para além da Fatskin FS-Pro – que foi lançada oficialmente nos Campeonatos do Mundo de Natação na Austrália – a mais recente novidade da nossa marca passa pela XDSKIN que é dedicada aos atletas de triatlo e que é a grande novidade da colecção de Inverno», salientou Heike Schulze. A Speedo tem vindo igualmente a colaborar com grandes nomes da moda, através de uma parceria com a Comme des Garçons, que se iniciou em 2006 e que se prolongará até ao próximo ano. Paralelamente a marca tem vindo a apostar em novos espaços de difusão, como as Galerias Lafayette ou a recente participação no Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque, onde apresentou uma colecção desportiva inspirada em super-heróis. «A Speedo tenta estar na vanguarda das novidades e aposta forte em todos os projectos que sente serem do interesse da marca. O futuro parece-nos risonho e apostamos em força para que a Speedo ganhe ainda mais estatuto e seja a preferida de todos. E um sonho pode facilmente tornar-se em realidade, certo?», concluiu Heike Schulze.