Início Notícias Têxtil

Sustentabilidade com certificação

As preocupações ambientais são atualmente uma exigência incontornável na indústria têxtil e vestuário. Uma área onde a Tratave e a SGS podem dar um contributo relevante, graças a soluções que põem as empresas do sector no caminho de uma produção mais limpa e certificada.

Na publirreportagem Certificar para Ganhar, publicada na edição de junho de 2022 do Jornal Têxtil, a Tratave explica o trabalho que levou a cabo nos últimos anos para reconstruir o ecossistema. «Ao longo dos anos, o nosso rio Ave foi ficando cada vez melhor e a vida voltou. Os peixes, as aves, as lontras e as pessoas voltaram», afirma, dando crédito aos habitantes da região, aos municípios e às indústrias. «Hoje, todos os produtos produzidos no Ave são produtos com pegadas ecológicas baixas. Assim, um produto produzido na região é mais amigo do ambiente», refere.

Já a SGS destaca as certificações desenvolvidas pela Textile Exchange, como os referenciais Recycled Claim Standard ou o Content Claim Standard, que assegura a integridade da cadeia de custódia desde as matérias-primas até aos produtos finais. «Esta organização identifica e partilha as melhores práticas relacionadas com materiais, processamento, rastreabilidade e fim de vida dos produtos para reduzir o impacto da indústria sobre a água, o solo, o ar e a população humana mundial», indica Ana Oliveira, product manager, responsible business services da SGS Portugal, que assina o artigo publicado na publirreportagem Certificar para Ganhar. «Em última análise, os benefícios trazidos pelas normas e certificações desenvolvidas pela Textile Exchange passam pelo aumento da confiança do mercado nas alegações efetuadas por fornecedores, marcas e retalhistas», resume.

Conheça melhor estas duas entidades na publirreportagem Certificar para Ganhar, publicada na edição de junho de 2022 do Jornal Têxtil.