Início Arquivo

Techtextil South America começa amanhã

A Techtextil regressa à América do Sul. Com efeito, a 4ª edição da mais importante feira do sector de têxteis técnicos e não-tecidos da América Latina tem início já amanhã no ITM Expo de São Paulo, e terminará na próxima Quinta-feira. Durante os 2 dias da mostra, os 122 expositores nacionais e internacionais presentes esperam receber mais de 5 mil visitantes vindos de distintas partes do mundo. Além do Brasil, países como a Alemanha (Techtextil Frankfurt), China (Cinte Techtextil China), Estados Unidos (Techtextil North América) e Rússia (Techtextil Rossija) fazem parte do calendário mundial deste certame.

 

«O Brasil tem uma posição de liderança na América do Sul, com volume de vendas de mil milhões de dólares no sector dos têxteis técnicos e uma taxa de crescimento de 10% ao ano. Por isso, um evento que reúna todos os players é de extrema importância para que os mercados interno e externo fiquem por dentro das tendências e novas tecnologias», declara Lígia Amorim, directora-geral da Messe Frankfurt Feiras, subsidiária da alemã Messe Frankfurt GmbH. «Os expositores internacionais reconhecem o Brasil como um canal para a expansão dos negócios. Além disso, o país possui a melhor infra-estrutura de toda a América Latina». 

 

Deste modo, a Techtextil South America constitui inegavelmente a melhor porta de entrada para este apetecível mercado sul-americano dos têxteis técnicos e não-tecidos. O alto padrão apresentado pelos expositores internacionais nas três edições precedentes confirma a confiança no potencial do mercado e no conceito global Techtextil.

 

Também esta edição contará com a participação de importantes empresas, não só brasileiras – Cobafi (Companhia Bahiana de Fibras), Gruppo Moissi & Ghisolfi, Ernetex e Nordson – mas também internacionais – Fil Man Made (Itália), Hyosung (Coreia), PGI (França) e Lenzing (Áustria), entre outras. Em particular, registar-se-á a participação especial da Missão Canadiana de Exportação Têxtil, que reúne no terreno dois níveis de governo (local e federal), quatro associações e 12 empresas, com o objectivo de estabelecer parcerias no Brasil. Segundo Richard Cormier, um dos responsáveis da Missão Canadiana, esta participação é uma importante oportunidade para a indústria do seu país. «Esta é a nossa quarta presença num certame Techtextil, e queremos também mostrar neste mercado que somos um dos principais players mundiais», afirma Richard Cormier.

 

A importância deste certame é também corroborada pela opinião do director de empresa alemã Karl Wetekam, Tom Beck, constituindo uma excelente oportunidade para conhecer o que a América do Sul pode oferecer no segmento dos têxteis técnicos. «Queremos entender melhor essa área e desenvolver negócios, já que este é um mercado novo para nós», explica o director da Karl Wetekam.

 

«Estamos muito animados com esta edição da Techtextil South America. Em 2003, registámos 73% de satisfação total dos visitantes e 89% declararam que voltariam em 2005. A descoberta de novas aplicações para a América Latina é também um factor importante para o sucesso deste evento», conclui Lígia Amorim.