Início Arquivo

Tecido com fios condutores de calor

Uma empresa têxtil americana inventou um tecido que gera calor, usando microfibras e aço e baterias de lítio leves. A Malden Mills, os produtores do forro Polartec, está a licenciar a tecnologia para fabricantes de roupa desportiva e para os militares americanos. A roupa é feita de fios fabricados com fibras de aço inoxidável, mais finas do que um cabelo humano, das quais são feitos os tecidos. Levou quatro anos de pesquisa para chegar a estas fibras que são suficientemente fortes e flexíveis o para sobreviver quando são dobradas, lavadas e usadas como qualquer outro tecido. Um casaco feito do material vendido pela North Face tem duas funcionalidades, controladas por um engenho integrado na roupa. Uma das funcionalidades é aquecer a área do peito até 42C durante quatro horas e uma outra funcionalidades é levar a roupa a 46C por cerca de duas horas e meia. A empresa vende o casaco por 576 euros. A maior limitação da tecnologia são as baterias que são demasiado volumosas e não duram o tempo suficiente, explicam os representantes da Malden Mills. O próximo passo é transformar o tecidos em luvas, afirma a empresa e depois criar tecidos de ar condicionado que podem manter uma pessoa fresca. Mas o derradeiro objectivo é utilizar os fios condutores para transportar dados, não só calor, e de criar um completo computador “usável”, que pode monitorar o nível de calor e o nível de temperatura do corpo de uma pessoa.