Início Notícias Têxtil

TEXAPP com competências do Citeve

Há um novo projeto direcionado para reforçar as competências de recursos humanos para a indústria têxtil europeia. Batizado TEXAPP e coordenado pela Euratex, tem como objetivo ajudar as micro, pequenas e médias empresas e conta com o Citeve entre os parceiros.

O TEXAPP – Iniciativa de Estratégia Integrada para Reforçar a Oferta de Práticas de Aprendizagem no Sector Têxtil pretende alimentar e reforçar as práticas de aprendizagem em micro, pequenas e médias empresas. «Através de uma colaboração próxima, os parceiros do projeto TEXAPP vão criar e fornecer uma estrutura e ferramentas direcionadas para o sector têxtil e vestuário, tendo em conta as necessidades e os obstáculos que as PME enfrentam nesta área», revela a Euratex em comunicado.

A iniciativa envolve entidades no Reino Unido, Bulgária, Hungria, Itália, Grécia e Portugal, que está representado pelo Citeve. O centro tecnológico envolveu-se no projeto «a convite da Euratex» devido a três fatores essenciais, destaca Braz Costa, diretor-geral do Citeve, ao Portugal Têxtil, citando a «experiência acumulada (…) na participação de projetos Erasmus/Leonardo da Vinci», assim como «o papel preponderante que o Citeve tem vindo a desempenhar nas redes europeias do sector nomeadamente na ETP – Plataforma Europeia para o Têxtil e Vestuário e na TEXTRANET», mas também a «importância do sector têxtil e vestuário português no contexto europeu e, em particular, na região norte de Portugal, sendo hoje o maior cluster europeu de indústria têxtil e vestuário».

O projeto pretende criar ferramentas para reunir recursos, partilhar informação, trocar conhecimento, desenvolver ideias e aprender com as experiências dos outros. «O projeto TEXAPP reúne um conjunto de players europeus com competência e capacidade de influenciar as PME do sector a adotarem práticas de aprendizagem de sucesso, desenvolvidas ao longo das atividades do projeto, nomeadamente através da criação de um Centro de Competências para Aprendizagem (TEXAPP), do intercâmbio de experiências de aprendizagem e da mobilização e capacitação de estagiários para as PME», afirma Braz Costa.

No âmbito do projeto, «o Citeve terá como principais tarefas a transmissão do seu know-how e experiência nos mais diversos níveis da formação profissional, desde a preparação do estudo de levantamento de necessidades das empresas do sector, que será replicado nos diversos países que constituem a parceria, até ao apoio à definição de um referencial de boas práticas de formação em contexto empresarial», explica o diretor-geral. «Terá também uma intervenção fundamental na apresentação e implementação dos resultados TEXAPP junto das pequenas e médias empresas do sector em Portugal, bem como dotar os seus formadores/mentores internos de competências que permitam, de acordo com a legislação em vigor e a realidade de cada empresa, a sua utilização, retirando do “Centro de Competências para a Aprendizagem” o maior proveito possível», acrescenta.

O diretor-geral do Citeve espera que este projeto «consiga não apenas mobilizar recursos humanos para a indústria têxtil e vestuário, mas mobilizar recursos humanos com as competências necessárias, uma vez que é também seu objetivo identificar os requisitos mínimos europeus para a formação no sector».

Com uma duração de dois anos, o TEXAPP decorre até 30 de setembro de 2018.