Início Notícias Gerais

Texprocess prepara novidades

De regresso para a sua terceira edição, a Texprocess promete um foco ainda maior nas necessidades da indústria de processamento de têxteis e materiais flexíveis, onde os cerca de 270 expositores deverão apresentar as inovações que vão marcar o futuro do sector têxtil e vestuário e não só.

A terceira edição da Texprocess, que se realiza de 4 a 7 de maio, contará, de acordo com a organização a cargo da Messe Frankfurt, com cerca de 270 expositores de todo o mundo, focados em apresentar as novidades desenvolvidas nos últimos dois anos. «O maior desenvolvimento estratégico da Texprocess está a dar frutos: estamos a expandir os grupos de produtos em que os visitantes mostram mais interesse, a alargar o nosso programa paralelo, sobretudo para a indústria de vestuário, e a criar mais sinergias com a Techtextil», explica Michael Jänecke, diretor de gestão de marca de têxteis técnicos e processamento de têxteis da Messe Frankfurt. «Desta forma, enquanto única feira na Europa para a indústria de processamento de têxteis e vestuário, a Texprocess está a servir mais uma vez como um incentivo para a indústria», acrescenta.

De acordo com a organização, as inscrições de expositores aumentaram nas áreas de tecnologias de design, desenvolvimento de produto e automação, tecnologias e materiais para costura e fechos, tecnologias da informação, design e sistemas CAD/CAM, e processamento de produtos e acabamentos. «Estamos a crescer significativamente nestas áreas em comparação com 2013. Por isso, o que os expositores estão a oferecer reflete melhor o que os visitantes profissionais procuram», acredita Michael Jänecke.

Empresas conhecidas mundialmente já confirmaram a sua presença, como a Gerber Technology, Brother ISM, Dürkopp Adler, Juki, Pfaff, Tajima Industries, Epson, Optitex, entre muitas outras, num leque variado que inclui ainda as portuguesas AC Costura, ASM – Artur S. Martins & Filhos, AUP – Automação de Unidades de Produção, Gemfix e Mind.

A área Source It, que em 2013 reuniu 60 empresas para subcontratação de produção de vestuário, transformou-se, segundo a Messe Frankfurt, de uma área para um grupo de produtos independente, como resultado das necessidades de visitantes e expositores. «Através desta mudança estamos a responder ao facto dos negócios se estarem a concentrar de forma mais forte nas feiras de tecidos de vestuário que têm lugar várias vezes por ano e que são igualmente organizadas pela Messe Frankfurt, como a Apparelsourcing em Paris e Nova Iorque. Isto reflete a atitude do sourcing moderno, com até 10 coleções por ano», destaca Jänecke.

Nesta edição, a Texprocess conta ainda com um programa paralelo de ações, que inclui uma exposição com todos os vencedores do Texprocess Innovation Award 2015, que destaca os desenvolvimentos e tecnologias de processamento de têxteis e materiais flexíveis mais inovadores, uma exposição especial sobre moda high-tech e materiais funcionais e o Texprocess Campus, onde universidades e escolas de design de moda podem apresentar os seus cursos e projetos.

Realizada novamente em conjunto com a feira de têxteis técnicos e não-tecidos Techtextil (ver Techtextil anuncia recorde), em 2013 as duas feiras atraíram quase 40 mil visitantes (12.100 na Texprocess). «Em conjunto, a Texprocess e a Techtextil dão inspiração que vai além da indústria têxtil e vestuário», conclui diretor de gestão de marca de têxteis técnicos e processamento de têxteis da Messe Frankfurt.