Início Arquivo

Têxteis da Coreia em recuperação

A saúde da economia dos países desenvolvidos, vai no próximo ano, provavelmente, regular as vendas da indústria têxtil da Coreia do Sul. A recessão deverá persistir na primeira metade do ano, com a recuperação esperada para os finais da segunda metade. De acordo com a perspectiva da indústria têxtil para 2002 lançada pela Associação da Indústria Têxtil da Coreia, as exportações poderão atingir os 18 mil milhões de euros, mais 3,9% do que em 2001. As exportações vão ser influenciadas por factores como a confiança do consumidor nos Estados Unidos e no Japão, a entrada da China para OMC (Organização Mundial do Comércio) e a procura na União Europeia. Os exportadores de fio de algodão irão enfrentar tempos difíceis devido à competição com os países produtores de têxteis, enquanto que os exportadores de fibras químicas vão enfrentar dificuldades devido ao fortalecimento do regulamento de importação dos países importadores e aos esforços da China para melhorar a sua auto-suficiência. Os exportadores da indústria de fibra vão ser afectados sobretudo pelas trocas comerciais nos Estados Unidos e pelos desenvolvimentos económicos no Médio Oriente. As importações deverão subir para os 5 mil milhões de euros, mais 4,2% do que em 2001.