Início Arquivo

Têxteis-lar em biocerâmica

Atenta com o bem-estar dos consumidores, a empresa alemã Welltex (Wellness Textil) , lançou-se este ano na fabricação de têxteis-lar à base de fibras de biocerâmica. Estas fibras apresentam inúmeras vantagens, tais como a conservação do calor, a partir da reflexão dos raios infra-vermelhos emitidos pelo corpo humano, e estimulação da circulação sanguínea. A biocerâmica resulta da mistura de cerâmica natural com diversos óxidos, como o quartzo, o alumínio ou o silício. Uma vez reduzida a pó, é integrada em poliéster tradicional. A jovem empresa alemã, criada em Janeiro de 2003, compra a matéria-prima na Ásia, onde a fibra é já bastante utilizada em têxteis-lar. No último verão, a Welltex colocou no mercado edredões e travesseiros (um milhar de peças vendidas), assim como ligaduras terapêuticas (para costas, pulsos, cotovelos, joelhos e pés). Em Outubro, lançou roupões de felpa em poliéster-biocerâmica, tendo já vendido 2.000 peças. Todos os seus artigos têm a etiqueta Öko-Tex Standard 100. Colchões, t-shirts e meias são os produtos que se seguem. «As mulheres estão muito receptivas a este novo conceito, representando actualmente dois terços da nossa clientela», sublinha Eric von Porthan, presidente da empresa. A Welltex vende os seus produtos no seu site Internet e está actualmente a desenvolver uma rede de distribuição. Além disso, a empresa prepara-se para fornecer também grandes grupos de hotelaria e obter licenças de grandes marcas. «Trata-se de produtos técnicos que necessitam de certas explicações nos locais de vendas. Deste modo, estamos a negociar principalmente com os VPC e lojistas especialistas», explica o presidente da Welltex, que pretende exportar para os países do Norte da Europa, da França à Escandinávia. Neste momento, a Welltex já exporta para a Suíça e a Áustria.