Início Notícias Têxtil-Lar

Têxteis-lar lusos em grande

A visita governamental não é uma estreia na feira Heimtextil – em 2011 esteve o então Primeiro-Ministro, José Sócrates, e o Ministro da Economia, Inovação e Desenvolvimento, Vieira da Silva – mas mostra bem a importância que o sector, e o próprio certame alemão, tem na economia portuguesa. A visita do Ministro decorrerá entre as 15h30 e as 17h30 horas do primeiro dia da Heimtextil – que se realiza de 14 a 17 de janeiro – e irá incidir nos expositores presentes nos Halls 11.0 e 11.1, onde se encontram 24 das 68 empresas nacionais presentes no certame. O grupo MoreTextile é um dos expositores presentes nesta área e irá apresentar as suas propostas para cama, mesa e banho num desfile no dia 14 de janeiro, às 11h30 e às 17h. «O MoreTextile está, assim, a concretizar o seu lema “um grupo, uma nova era, um novo olhar sobre o futuro”. Cerca de três anos depois da aquisição de três das maiores empresas de têxteis-lar – António de Almeida & Filhos, JMA Felpos SA e a Coelima Indústrias Têxteis –, o grupo mantém a forte aposta na produção de coleções próprias de roupa de cama, mesa e banho sem nunca abandonar a inovação», aponta em comunicado. Os expositores portugueses estão ainda envolvidos num concurso especial promovido por uma parceria entre a revista de design de interiores Attitude e a Messe Frankfurt para selecionar o melhor stand na feira. «As empresas sabem que a forma como se apresentam é muito importante», destaca Cristina Motta, representante da Messe Frankfurt em Portugal. «Há alguns anos atrás, as empresas não se preocupavam com as tendências, apenas apresentavam o que os seus clientes queriam. Agora, como estão a fornecer também um serviço, estão cada vez mais a tentar mostrar tudo o que podem fazer. As tendências importam e isso torna tudo melhor», acrescenta. Uma preocupação que tem feito com que Portugal se destaque na Heimtextil, entre os milhares de expositores internacionais (2.714 em 2014) que se apresentam em Frankfurt anualmente a mostrar a sua oferta de têxteis-lar, produtos direcionados para o sector da hotelaria e restauração mas também revestimentos para arquitetura de interiores. Em destaque nesta edição estará o novo conceito do fórum de tendências Theme Park, assim como uma área dedicada à estamparia digital. A sustentabilidade é também uma preocupação crescente para a Heimtextil, que contará com a Green Village, «um centro de informação» sobre o assunto, e com o Young Creations Award: Upcycling 2015, pela primeira vez aberto a toda a Europa, onde jovens designers irão apresentar produtos de elevada qualidade a produzidos partir de desperdícios.