Início Destaques

Tintex soma prémios

Em estreia na Ispo Munich, a especialista em acabamento de malhas venceu a categoria “outerlayer” no Ispo Textrends Forum, onde colocou ainda mais sete produtos. Um sucesso que partilha com mais cinco empresas nacionais, todas elas com desenvolvimentos no top da inovação.

Um sucesso que partilha com mais cinco empresas nacionais, todas elas com desenvolvimentos no top da inovação.

«A Tintex há muito que é reconhecida por ser uma empresa inovadora, sendo que os recentes investimentos em equipamentos de tecnologia de última geração que permitem a diversificação da oferta, designadamente, no âmbito dos têxteis funcionais/ técnicos, são expressão da prioridade estratégica que a empresa concede a estes mercados», destaca Elsa Parente, diretora comercial da empresa.

Uma estratégia que teve logo resultados na candidatura da empresa ao Ispo Textrends Forum, uma iniciativa da Ispo Munique que distingue os produtos mais inovadores em diferentes categorias. Com oito amostras a concurso, a Tintex venceu a categoria “Outer Layer”, com um laminado com funcionalização Hydry a merecer o título de “Best Product”. «No Top 10 desta categoria foram ainda distinguidos um laminado que joga com a dualidade de toques e aspetos com membrana à prova de água e vento e dois artigos em alta frequência, com desenhos geométricos em relevo, com performance antibacteriana e de secagem rápida», destaca a diretora comercial. A Tintex teve ainda cinco outros produtos selecionados nas categorias “Outer Layer”, “Second Layer”, “Base Layer” e “Street & Sport”. Nesta última, «o júri destacou um produto de toque extra suave em algodão/poliamida/cachemira funcionalizado – com proteção UV e Hydry», revela Elsa Parente.

Além destes artigos, a empresa irá colocar em destaque nesta primeira presença na Ispo Munich – que tem lugar de 24 a 27 de janeiro – «propostas de malhas híbridas – malhas em cores e qualidades de espírito casual funcionalizadas para o desporto ativo. Destacamos as misturas com lã merino, mas também misturas inesperadas, por exemplo com cachemira, construções e toques também eles surpreendentes – ribs aéreos e frágeis, toques ultra macios, mesmo aveludados», indica a diretora comercial, sublinhando ainda «os laminados ou termocolados, por vezes com membranas, que jogam com as dualidades de cor, de aspeto (mate/ brilhante), de textura – ultra plano e compacto versus estruturado e/ou volumoso – bem como os termoformados com alta frequência, em malhas tridimensionais (3D feeling)».

A Tintex não está, contudo, sozinha nesta presença em Munique, nem na feira propriamente dita – onde terá a companhia de mais 37 expositores nacionais, a maior parte dos quais integrados nas “ilhas” portuguesas organizadas pela Associação Selectiva Moda com o apoio do Citeve –, nem no Ispo Textrends Forum, onde estão também produtos da A. Sampaio & Filhos, Joaps Malhas, LMA, Lurdes Sampaio e Sidónios Íntimo.

A LMA foi a outra empresa portuguesa que viu um dos seus produtos ser reconhecido como “Best Product”. Distinguido na categoria Membranas & Revestimentos, trata-se «de um novo desenvolvimento feito com uma membrana de cortiça regenerada», explica a administradora da empresa, Alexandra Araújo. «Portugal é o principal produtor de cortiça, representando cerca de metade da produção mundial de cortiça. A LMA conseguiu, com sucesso, transformar esta matéria-prima verdadeiramente sustentável num tecido com elevada performance», aponta, realçando as propriedades da cortiça como um ponto a favor da solução. «É um recurso renovável que tem muitas propriedades funcionais. Naturalmente não tem odor e é antiestática. A sua produção não exige solventes ou compostos perigosos. Para além das propriedades que absorvem o choque e o som, é também respirável e permeável ao vapor, evitando a formação de condensação», enumera a administradora da LMA, que conta também com cinco outros produtos selecionados.

«Enviamos seis amostras para o Ispo Textrends Forum e três dessas foram enquadradas no Top 10 e as outras três foram selecionadas», revela, por seu lado, Miguel Mendes, responsável de vendas e inovação da A. Sampaio & Filhos. Para além dos artigos no fórum, a empresa vai ainda apresentar como novidade malhas com Cordura, «uma tecnologia da Invista em poliamida, mas que nós desenvolvemos em poliéster. A tecnologia não foi desenvolvida por nós, mas estamos a apresentar este produto em malhas», indica. As expectativas são por isso elevadas. «Esta é uma feira muito forte para nós e que tem sempre um retorno muito positivo, porque além de ser uma feira internacional, que recebe visitantes de toda a Europa, é uma feira de marcas e muitas delas são nossas clientes», sublinha Miguel Mendes.