Início Arquivo

Tommy ainda se mantém de pé

A Tommy Hilfiger Corporation, a empresa americana de vestuário lifestyle, afirmou que o vestuário de homem e criança permaneceram um desafio para a empresa à medida que esta apresentava declínios no volume de vendas e nos lucros. Nos nove meses que terminaram a 31 de Dezembro 2001, o volume de negócios desceu 2.2%, para 1.51 mil milhões de euros e os lucros desceram de 112 milhões para 108.6 milhões de euros. Enquanto o vestuário de crianças desceu cerca de 11.8% e a roupa de homem desceu também 6.1%, a secção feminina mostrou um pequeno aumento neste período, adiantou a empresa. Os negócios na Europa, que foram tomados pela empresa sediada em Hong Kong, aquando da compra da Tommy Europe, foram bons em todas as divisões, garantiu o director geral Joel Horowitz. A Tommy Hilfiger planeia agora concentrar-se em “continuar a refinar as nossas linhas de produtos, equilibrando o fornecimento e as encomendas, suportando a nossa marca com marketing sério e mantendo um restrito inventário e controlo de custos” de forma a poder responder à queda de confiança do consumidor americano.