Início Arquivo

Troficolor (con)vence na Texworld

A 27.ª edição da Texworld fechou as portas envolta numa onda de optimismo. Um total de 14.764 visitantes passou por Villepinte de 13 a 16 de Setembro. A presença de compradores europeus permaneceu estável, mas registou-se um aumento significativo de visitantes de Portugal, Holanda, Dinamarca, Suécia e Áustria e uma quebra nos visitantes da Alemanha, Grécia e Espanha. Os grandes aumentos vieram, contudo, dos EUA, Canadá, Chile, Peru, Austrália, África, Emiratos Árabes Unidos, Arábia Saudita, Kuwait, Tailândia e Japão. Nos expositores, marcaram presença 885 empresas, entre as quais a portuguesa Troficolor. «Estamos mais do que satisfeitos que os nossos expositores tenham tido uma boa feira, que levou a bons negócios para a maioria, excelentes para alguns», indicou um satisfeito Michael Scherpe, presidente da Messe Frankfurt. A feira foi muito concorrida, desde as marcas pronto-a-vestir ao retalho de volume, das grandes cadeias de moda aos jovens designers, para conhecerem as tendências para o Outono-Inverno 2011/2012 e novidades como denim de dupla face para usar noite e dia, têxteis funcionais 30% mais leves para melhor performance e lã camel fácil de usar, entre muitas outras. Entre os visitantes esteve Malla Haapanen, da marca finlandesa Marimekko, que descreveu a sua primeira visita ao certame como surpreendente. «Fiquei agradavelmente surpreendida pela gama de tecidos e a qualidade de serviços oferecidos pelos expositores», referiu Haapanen. A lã, as peles falsas, o algodão, a seda e os têxteis funcionais registaram muita procura junto dos compradores. O mesmo se aplicou ao denim, fruto das muitas inovações apresentadas pelos expositores, como sucedeu com a Troficolor, que se estreou com o “pé direito” no salão parisiense. «Foi a primeira vez que expusemos e correu bem. Nota-se que há mais fluxo de clientes do que noutras feiras, até pela própria natureza do certame, que tem mais visibilidade», afirmou Flávio Dias, responsável de marketing da Troficolor. Os quatro dias foram, por isso, de contactos e mesmo negócios por parte da empresa de denim portuguesa. «Para além dos muitos contactos que tivemos, esta feira marcou a diferença pelos negócios concretos que efectuamos», acrescentou Flávio Dias. Outro tema em destaque nesta edição da Texworld foi a ecologia. De acordo com a Messe Frankfurt, que organiza a feira de tecidos, os eco-têxteis estão a registar uma forte procura não só por parte das grandes marcas, que parecem estar a manter o seu compromisso para com a produção orgânica, como também junto de jovens designers, que estão a introduzir artigos eco-friendly nas suas colecções para responderem à crescente procura por parte dos consumidores. A próxima edição da Texworld tem já data marcada de 7 a 10 de Fevereiro de 2011.