Início Destaques

Tudo a postos para a iTechStyle Summit

A iTechStyle Summit abre as portas amanhã e, durante três dias, vai reunir especialistas, empresários e académicos para discutir temas como a indústria 4.0, os novos desenvolvimentos em materiais e a sustentabilidade. O primeiro dia começa com a apresentação das megatendências e a presença do Ministro da Economia.

António Braz Costa

A iTechStyle Summit regressa ao Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões para a terceira edição, que de 2 a 4 de abril irá reunir a indústria têxtil e vestuário, juntamente com académicos e outros atores ligados ao sector, para debater alguns dos temas que moldarão o futuro.

A primeira manhã contará com a abertura do Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, que estará ainda presente no jantar de gala, onde serão entregues os prémios do iTechStyle. «O posicionamento [do Ministro da Economia] foi de grande interesse pelo sector e também de perceber as dinâmicas e os desafios que se estão a colocar ao sector, o que nos deixa bastante agradados. Para nós é muito bom que o senhor ministro esteja connosco, quer durante a manhã, quer ao jantar, porque significa duas coisas: a importância que ele atribui ao sector e também as preocupações que tem relativamente às medidas de política pública que possam impactar o sector», afirma, ao Portugal Têxtil, António Braz Costa, diretor-geral do Citeve, que organiza a conferência internacional de têxteis e vestuário

Três dias preenchidos

Do programa do primeiro dia consta ainda o debate das megatendências que vão afetar a indústria têxtil e vestuário, com intervenções de Giusy Bettoni, CEO e fundadora da empresa italiana C.L.A.S.S., Isabel Furtado, presidente do conselho de administração da COTEC, Georg Dieners, secretário-geral da Associação Oeko-Tex, David Shah, consultor de tendências e editor, e Olaf Schmidt, vice-presidente da Messe Frankfurt. A tarde será dedicada à indústria 4.0, incluindo a participação de Rodrigo Siza Vieira, diretor da Lectra para Portugal e Espanha.

O segundo dia será dedicado aos materiais e novas aplicações e será preenchido com apresentações do Institut Français de la Mode, do London College of Fashion, da Universidade do Minho e da UCDavis, mas também de empresas como a Fisipe, a Aquitex, a Tanatex Chemicals, a CHT Switzerland e a Têxteis Penedo.

Já o último dia terá como tema a sustentabilidade e a economia circular, contando como oradores, entre outros, com Anna Maria Rugarlim da VF International, Pedro Magalhães da Tintex e Miklos Nagy da RDD.

«Os três dias são muito intensos, os oradores são de muito alto nível em todos os dias. A diferença são as temáticas. Para permitir que as pessoas que vêm das empresas, que, por ventura, teriam dificuldade em estar os três dias, possam escolher um dia para estar na conferência, encostámos os temas aos dias», explica o diretor-geral do Citeve.

Recorde garantido

Ainda antes do início da iTechStyle Summit, um recorde de assistência está já garantido. «Tudo indica, aliás, tenho a certeza, que vamos ultrapassar os números do ano passado», confirma António Braz Costa.

Este aumento faz-se tanto do lado dos participantes portugueses como de estrangeiros. «Vamos ter um recorde de participantes não-portugueses, mas também do lado da participação portuguesa», aponta o diretor-geral do Citeve, que espera ainda que a meteorologia dê o seu contributo para passar uma boa imagem do país a quem vem de fora. «Espero que seja bom pelo conteúdo da conferência e pela estadia no Porto», conclui.