Início Arquivo

Um ano de crescimento

A H&M, o terceiro grupo mundial de distribuição de moda, encerrou o seu exercício de 2010 com um crescimento de 15%. A empresa registou um aumento de 17% nas suas vendas no passado mês de Novembro, impulsionado pelas novas aberturas no retalho. Até 30 de Novembro, a cadeia sueca detinha o total de 2.206 lojas, um crescimento significativo face às 1.988 detidas em igual período de 2009. Também no final de Novembro, a retalhista de moda deu o primeiro passo no Sudeste Asiático com o anúncio da abertura de uma loja em Singapura. Esta loja deverá ser inaugurada no Outono do próximo ano numa das mais importantes artérias comerciais da região, a Orchard Road, e oferecerá uma superfície de venda de cerca 3.000 metros quadrados. À espera de anunciar publicamente os resultados anuais completos no próximo dia 27 de Janeiro de 2011, a H&M mostras já sinais de recuperação em comparação com o exercício fiscal anterior. Com efeito, o gigante sueco experimentou um crescimento de 5%, nas vendas por superfície comparável, isto é, excluindo as lojas abertas nos últimos 12 meses. Em 2009, as vendas por superfície comparável tinham diminuído 5%, enquanto em 2008 a quebra tinha sido de 1%.