Início Notícias Tendências

Um passo à frente de 2020

A plataforma de pesquisa social e visual Pinterest lançou um relatório anual em que revelou as maiores tendências do ano e quais estarão aptas para receber 2020. A lista destaca a sustentabilidade, a tecnologia, a natureza e o equilíbrio como alguns dos temas.

Entender os padrões de consumo e as preferências dos consumidores nas mais variadas áreas pode ser uma grande ajuda para os retalhistas que procuram corresponder às expectativas do público-alvo em 2020. A lista Pinterest 100 da plataforma registou 10 áreas principais que deixam antever os desejos dos compradores e podem refletir os hábitos culturais que vão determinar o comportamento da nova década que se avizinha.

Em 2019, o movimento sem género pisou várias passerelles do mundo e é uma tendência inegável da lista fruto da pressão que esta realidade simboliza para as marcas e designers. Os consumidores estão cada vez recetivos a abrir horizontes no que toca a mentalidades e diferenças, o que faz com que o tradicional já não seja suficiente.

As pesquisas na plataforma por marcas com roupas de criança unissexo aumentaram 119% ao longo do ano, uma percentagem que veio contrariar a ideia estabelecida de que os meninos vestem azul e as meninas rosa. A prova de que a tendência sem género está em alta é a procura por vestidos de noiva com traços mais masculinos, que cresceu em relação a 2018, uma vez que o clássico visual de noiva já não está nas tendências mais idealizadas.

Consciência e tecnologia

Além de ser uma tendência, a sustentabilidade ambiental passou a ser uma necessidade nos dias de hoje ao ponto de os consumidores estarem a exercer uma influência significativa sob as marcas para caminharem numa direção mais ecológica. A geração Z mostrou ser um dos grupos mais preocupados com esta problemática e a mudar os hábitos de consumo a pensar no melhor para o planeta. A procura por manifestações aumentou 5,961% em 2019 e deu origem a slogans como “Nós defendemos aquilo que somos”.

A consciência enquanto sociedade é umas das tendências e resultou em pesquisas de métodos para reduzir os desperdícios (aumento de 446%), transformar a poluição dos oceanos em arte (mais 39%), lojas económicas para decoração de casa (mais de 408%), trocar plástico por vidro e papel por guardanapos feitos de um tecido multiusos (172%).

A moda ambientalmente sustentável também se tornou uma preocupação, o que se traduziu no aumento de 38% na procura por artigos em segunda mão para que seja possível reutilizar e reaproveitar. A consulta de vestidos de noiva mais económicos e ecológicos cresceu 41% e a organização de casamentos com baixo nível de desperdício 235%.

«Graças a novas tecnologias e políticas flexíveis de trabalho, nunca foi tão fácil não sair de casa, o que significa que as indústrias de decoração de casa e serviços de entrega estão em grande crescimento», aponta o relatório do Pinterest. A praticidade que as tecnologias trouxeram ao mundo do trabalho, por se tornar possível exercer funções a partir de casa, faz com que os trabalhadores queiram consumir artigos decorativos que transmitam características adequadas àquelas procuram para o local de trabalho. O Pinterest refere que a busca por elementos de jardim para as salas aumentou 104%, bem como a procura por fontes interiores (917%).

Como consequência do trabalho flexível, os consumidores procuram cada vez mais vestuário apto para estarem confortáveis enquanto trabalham. As leggings e os casacos de malha são as peças mais escolhidas pelo conforto e por se adequarem às câmaras em contexto profissional.

Natureza e equilíbrio

Num mundo em que o contacto constante com a tecnologia é obrigatório e em que os empregos são mais sedentários, a necessidade de atividades ao ar livre revela-se indispensável para ultrapassar a tensão dos trabalhadores dos tempos modernos. A natureza é o refúgio para aliviar esta tensão e as pesquisas no Pinterest suportam esta teoria. Alguns consumidores decidiram estabelecer uma relação com a natureza ao tentarem aprender a forma ideal de acampar através da plataforma (1069%).

Na moda, a procura por roupas específicas para caminhar aumentou 194%. «Camadas confortáveis conjugadas com botas feitas para caminhar», sugere o Pinterest, que destaca ainda a transição deste estilo para o quotidiano. Também os designers começaram a olhar para além das cidades e a absorver inspiração da natureza.

A lista do Pinterest verificou que o bem-estar é uma das prioridades dos utilizadores que se preocupam cada vez mais com a saúde resultado da tensão resultante do estilo de vida atual. Recorrer aos benefícios do musgo do mar (380%) e à planta anti-inflamatória chicória presente nalguns cafés alternativos (91%) podem ser opções para encontrar o equilíbrio.

Espaço e nostalgia

Em 2020 não é só a moda que viaja até ao espaço pelo uso de elementos relacionados com o universo. Esta cultura também viaja até aos filmes como o Buzz Lightyear que regressou aos ecrãs em 2019. A procura por joias de constelações (112%), tatuagens com elementos do espaço (267%), temas como astrologia (247%) e maquilhagem interestelar como batons pretos ou sombra azul gélida (217%) são cada vez mais pesquisados.

Figuras relevantes como Bill Nye e o astrofísico americano Neil DeGrasse Tyson, defensores da NASA, mantiveram o espaço como assunto principal nos últimos tempos. O resultado, juntamente com os planos de 2020 para implementar o turismo espacial, foi o aparecimento do logótipo da NASA em vestuário e acessórios.

A plataforma de inspiração Pinterest afirma que a nostalgia dos anos 90 está de volta à cultura, exibindo-se na moda através de camisolas grandes e mais descontraídas e botas imponentes alusivas à época. Enquanto os millennials estão a canalizar a nostalgia para reviver as músicas prediletas dos tempos da juventude, a geração Z está mais preocupada em levar a nostalgia para as ruas, visto que a procura pelo estilo dos anos 90 aumentou 227% na plataforma.

O Pinterest destaca nomes como Mariah Carey, Pearl Jam e BackStreetBoys com uma subida de 165% nas pesquisas ao longo do ano. Também as festas temáticas tiveram como inspiração este período que impulsionou a procura por hip-hop dos anos 90 em 322%.

As calças militares e as correntes alusivas ao ano 2000 vieram para ficar, com um crescimento de 669% nas pesquisas e foram vistas nalgumas semanas de moda.

Viagens e inspiração

Para os utilizadores da plataforma, melhor do que viajar é viajar com desperdício zero (48%). A curiosidade sobre cidades mais ecológicas despoletou a procura em 47%. Os consumidores querem viajar, mas com o ambiente em mente.

Como consequência do aumento das viagens, os consumidores estão a apreender novas culturas e a adotar as influências globais para a vida quotidiana. As esculturas de grande dimensão e as cores ousadas referentes ao estilo indiano crescem 2080%. A culinária da África Ocidental desperta também grande curiosidade na plataforma, registando um aumento de 311%.

Animais de estimação

Os millennials mostraram que a qualidade de vida dos animais de estimação é muito importante para eles e revelaram preferir reduzir as despesas consigo próprios do que com os animais. A procura por moda para animais subiu 199%, as ideias para festas de aniversário para gatos 156% e parques ao ar livre 512%.