Início Notícias Moda

Vendas da Prada na Ásia crescem a dois dígitos

A marca de luxo italiana está a registar uma taxa de crescimento a dois dígitos no continente asiático. O presidente da empresa, Patrizio Bertelli, afirma que tendência é para manter.

[©Prada]

Depois do desconfinamento, a Ásia, com destaque para a China, volta a assumir-se como o motor da indústria de luxo. Com a reabertura do comércio e sobretudo com a impossibilidade de viajar, os consumidores procuram produtos de luxo em solo nacional. A Prada é disso um exemplo.

As vendas da marca de luxo italiana estão a crescer a uma taxa de dois dígitos no continente asiático, uma tendência que se deverá manter no futuro, anuncia a empresa.

«Na Ásia e na China, as vendas estão a crescer a taxas importantes (dois dígitos) e estamos confiantes de que essa tendência é para manter nos próximos meses», afirmou Patrizio Bertelli, presidente da Prada, em entrevista à revista online de moda WWD, citado pela Reuters.

Bertelli revela ainda que os «consumidores voltaram aos gastos rápidos e sustentados».

Paralelamente, o filho do patrão da Prada, Lorenzo Bertelli, diretor de marketing e comunicação da marca de luxo, quando questionado sobre os planos de sucessão na empresa da família mostrou-se disponível para suceder aos pais à frente da empresa.

«Gosto de me desafiar e resolver problemas. Simplesmente quero aproveitar o que faço, gosto do que faço… Porque não?”, explicou na Business of Fashion.