Início Notícias Têxtil

Verdes desde a raiz

No princípio da cadeia de valor, as fibras, cuja procura e produção continuam a aumentar, estão a ganhar créditos adicionais no campo da inovação e da ecologia, como provam a Trevira, a Hyosung, a Lenzing e a Indorama Ventures.

A produção de fibras mais do que duplicou nos últimos 20 anos e as previsões apontam para que a procura continue a crescer, pelo menos até 2030, quando deverá atingir 140 milhões de toneladas. Em Portugal, a busca por fibras de valor acrescentado também está a aumentar, como comprovam as experiências da Dtexcom e da Lenzing.

Nesta última edição de 2019 do Jornal Têxtil, reunimos algumas das principais produtoras mundiais de fibras para fazerem o retrato deste extraordinário mundo dos materiais fibrosos para a indústria têxtil, do algodão ao poliéster, passando pela poliamida e as fibras celulósicas artificiais. Hyosung, Lenzing e Indorama Ventures apontam as duas grandes tendências que estão a dominar o sector – inovação e ecologia – numa onda onde a Trevira também se posiciona, como revela, em entrevista, Carlos Oliveira, diretor-geral da Trevira GbmH Sucursal Portugal.

Mas há mais presentes para desembrulhar nesta edição. Conheça os pormenores dos prémios entregues à Inovafil e à CM Socks, as 24 amostras de empresas portuguesas selecionadas para a próxima edição do ISPO Textrends, os novos projetos de expansão em diversas áreas de empresas como a Crispim Abreu, a 6Dias Têxteis, a Ultra Creative Workwear Solutions, a Qvinto, a Ruy de Lacerda, a Irmãos Rodrigues e a BW Fashion.

Fique ainda a par das iniciativas de sustentabilidade da Troficolor, da nova linha de produtos da Penteadora e da Misses White, que chegou este ano ao mercado, tal como a Temperatura, a mais recente incursão da Flor da Moda no universo das marcas.

A pensar no próximo ano, revelámos igualmente o que pode esperar das próximas feiras Who’s Next, Gallery e a Sportswear Pro, que se vai estrear em Madrid sob a chancela da FESPA.

Descubra também os principais temas debatidos na conferência da ITMF – International Textile Manufacturers Federation, do vencedor do projeto Futures.ModaPortugal e do desfile que colocou as marcas de vestuário infantil na passerelle do Portugal Fashion, estas duas últimas iniciativas sob a égide do CENIT.

Antes de avançar para as festas típicas desta quadra, espreite os números da conjuntura, incluindo o comércio externo e os altos e baixos das matérias-primas.

Motivos de sobra para que não perca a sua edição de dezembro do Jornal Têxtil. Se ainda não é assinante, aproveite o Natal para comprar um presente para si. Faça a sua subscrição através do nosso site e garanta que a melhor informação do sector chega à sua caixa de correio todos os meses do próximo ano.