Início Arquivo

Versace em recuperação

A casa de moda italiana Versace, que pretende virar definitivamente a página do seu passado, está em vias de ser rentável em 2011 e os membros da família que detêm a empresa não têm qualquer intenção em vender as suas acções, conforme afirmou o presidente-executivo, Gian Giacomo Ferraris. Ferraris referiu ainda que a marca, conhecida pelos seus vestidos de noite cintilantes e pelo logótipo onde se encontra representada a divindade grega Medusa, teve um forte início de ano e prevê o aumento das vendas em 2010, se o mercado continuar a recuperar. «Isto é apenas com 2,5 meses. Mas espero que as vendas do grupo subam entre 7% e 10% [em 2010]», revelou o presidente-executivo da Versace numa entrevista à margem da Baselworld, a maior feira do mundo de relojoaria e jóias. Ferraris anunciou também que as vendas nas lojas registaram um crescimento de 10% desde Janeiro e que a casa de moda pré-vendeu quase toda a sua próxima colecção Outono/Inverno aos revendedores. Após estar próxima da falência em 2004, a Versace ainda estava a tentar recuperar quando foi atingida pela crise de 2008/2009, durante a qual os consumidores se abstiveram de gastar nos produtos caros e vistosos que fizeram da marca uma história de sucesso na década de 1990. As vendas da Versace caíram desde que o seu fundador Gianni Versace foi assassinado em Miami em 1997, levando a um período de introspecçãmente baixos.