Início Arquivo

VF Corp ainda sem certezas

Numa declaração recentemente publicada, o maior produtor de vestuário mundial, VF Corp, deixou claro que o mercado Americano não vai ter nenhum ressalto este ano. A empresa está também à espera de melhores resultados em 2002 graças ao seu programa de poupança. “Nós esperamos que as vendas se mantenham sob pressão em 2002, já que acreditamos que os gastos dos consumidores em vestuário ainda se mantêm relativamente baixos”, afirmou o presidente da VF Corp, Mackey J. McDonald. O grupo americano apresentou perdas na ordem dos 128.97 milhões de euros no último trimestre de 2001, em comparação com um lucro liquido de 11.63 milhões para o mesmo trimestre de 2000. Excluindo os custos de reestruturação de 136.98 milhões de euros, a empresa americana teve lucros líquidos no valor de 8 milhões de euros durante o último trimestre de 2001. Há algumas semana atrás, a VF anunciou que tenciona concentrar-se em três grandes segmentos, incluindo roupa interior, jeans e vestuário de dia-a-dia. A venda de jeans desceu 11% nos Estados Unidos durante os últimos três meses de 2001 e subiu 11% na Europa, onde o grupo têm uma substancial quota de mercado em alguns países, com marcas tais como Lee e Wrangler. A empresa acrescentou ainda que as vendas americanas em roupa íntima desceram 5%. O grupo reduziu os stocks substancialmente em 2001 e espera melhorar os seus resultados em 2002 progressivamente, apesar das vendas e dos ganhos poderem diminuir 10 a 15% no primeiro trimestre, adiantou a empresa